Pesquisar

Canais

Serviços

- Rodolfo Salloum/Arquivo Bonde
Relembre o caso

Caso Hannan: TJ anula condenação de assassino confesso de jovem em Londrina

Luis Fernando Wiltemburg - Grupo Folha
23 ago 2021 às 19:54
Continua depois da publicidade

O Tribunal de Justiça do Paraná anulou a decisão que condenou Fernando Inácio Andrade, assassino confesso de Hannan José da Silva, pelo crime de latrocínio. Os desembargadores da 5ª Câmara Criminal entenderam que o crime poderia configurar um homicídio qualificado seguido de furto. Com a decisão, os autos devem voltar à Justiça de Londrina e o réu, passar por novo julgamento.

Continua depois da publicidade


A apelação foi impetrada pela defesa, que pretendia a anulação da condenação ou a revisão da dosimetria da pena (cálculo feito para impor uma pena a um acusado condenado). Porém, ao analisar as provas e um parecer do Ministério Público, os desembargadores entenderam que não havia provas suficientes de que a intenção primária de Andrade era se apoderar do aparelho celular de Hannan, seguido de execução.

Continua depois da publicidade


Se condenado novamente, a pena de Andrade pode ser reduzida, já que homicídio qualificado e furto têm penalidades menores que o crime de latrocínio. O rapaz havia sido condenado a mais de 20 anos de prisão e permanece detido no Complexo Médico-Penal, em Pinhais.


Relembre o caso:

Continua depois da publicidade


Corpo de jovem é encontrado na Praça Rocha Pombo


Polícia conclui inquérito que investiga morte de Hannan Silva


Caso Hannan: Ministério Público pede condenação de assassino

Assassino de Hannan Silva é condenado a 20 anos de prisão


Continue lendo