Pesquisar

Canais

Serviços

- Pedro Marconi/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
IMPASSE

Construtora ameaça não retomar obra da sede do Samu em Londrina

Rafael Machado - Grupo Folha
13 abr 2022 às 10:30
Continua depois da publicidade

O impasse entre a Prefeitura de Londrina e a empresa MTX Construções, de Palmitinho, interior do Rio Grande do Sul, sobre as obras da nova sede do Samu parece bem longe do fim. Depois de ser notificada na semana passada, a construtora explicou o porquê da ausência de operários no local, na avenida Dez de Dezembro, na zona leste.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A resposta foi enviada à administração municipal na noite da última segunda-feira (11). Na mensagem, que foi obtida pela FOLHA, a MTX comentou "que não tem mais condições de continuar a execução sem que seja feita a adequação das planilhas de valor com preços atualizados com a realidade de mercado". 

Continua depois da publicidade


Em vistoria realizada na semana passada, fiscais da Secretaria de Obras encontraram máquinas desligadas e materiais espalhados pelo pátio do espaço, que fica ao lado do Terminal Rodoviário e onde antigamente funcionava um posto de combustíveis da Petrobras. Como consequência,  a prefeitura notificou a empresa para que retomasse imediatamente os trabalhos.


O prédio do Samu começou a ser erguido em julho de 2020 e deveria estar pronto no segundo semestre do ano passado. Agora, o novo espaço deve ser concluído até o final de abril, como estipula a prorrogação contratual mais recente.


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade