Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Londrina

Controlador vai apurar falha na licitação da merenda

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O controlador do município de Londrina, Milson Ciríaco Dias, esteve na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (7) para dar explicações sobre a diferença de R$ 681 mil na planilha de custos da merenda escolar, fornecida na cidade pela SP Alimentos. A denúncia foi feita pelo Ministério Público.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A controladoria prometeu apurar o erro cometido pela secretaria de gestão pública do município. "Houve uma falta de cuidado do pregoeiro. Quando ele concluiu o preço global, deveria ter solicitado à empresa vencedora que fizesse o ajuste necessário na planilha", explicou, lembrando que na planilha de custos não foram incluídos os valores de FGTS e CPMF.

Continua depois da publicidade


O responsável pela secretaria de Gestao Pública na época era Jacks Dias, hoje vereador pelo PT. "Qualquer secretario, verificando erro de pagamento, poderia suspender o pagamento, foi o que eu fiz. È normal acontecer em qualquer contrato, mas não vi isso no relatório do controlador", justificou.


O contrato com a SP Alimentos passou a ser questionado depois que alunos foram flagrados recebendo duas vezes a comida e devolvendo o prato, já que a empresa ganha por refeição oferecida.

Apesar das irregularidades, Milson Dias não garantiu a suspensão do contrato com a SP Alimentos, alegndo prejuízo ao ano letivo da rede pública. "Com a recisão do contrato, os mais prejudicados seriam as crianças". O contrato vai até outubro deste ano.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade