Pesquisar

Canais

Serviços

- Carlos Eduardo Ribeiro/CMTU
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Saiba onde

Londrina amplia número de bolsões para motociclistas, diz CMTU

Redação Bonde com N.Com
24 mai 2022 às 10:29
Continua depois da publicidade

Quinze meses depois da implantação dos primeiros bolsões para motociclistas no trânsito em Londrina, localizados na avenida Dez de Dezembro, próximo ao TRL (Terminal Rodoviário), a CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) definiu mais quatro pontos em que a sinalização especial está em fase avançada de implantação.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Os locais são o cruzamento das avenidas Lúcia Helena Gonçalves Viana e Brasília; o da rua Vicente Feijó com Brasília; a interseção da avenida Dez de Dezembro com rua Tremembés (nos dois sentidos de circulação) e da Dez de Dezembro com avenida Portugal (nos dois sentidos de circulação). Para a definição das áreas, foram levadas em consideração a configuração das vias e a alta circulação de motocicletas.

Continua depois da publicidade


A confecção das placas a serem instaladas nestas localidades já iniciou, e o serviço de sinalização vai ser executado conforme os modelos ficarem prontos. O objetivo, de acordo com o presidente da CMTU, Marcelo Cortez, é evidenciar a importância e a funcionalidade da iniciativa. No primeiro local em que o espaço destinado às motos foi implantado, Cortez aponta que se observou grande adesão do público. “Cerca de 70% dos pilotos que utilizam aquele cruzamento fazem uso correto do bolsão. E o número de condutores que ocupam indevidamente a área é mínimo”, ponderou.


Além de reservar zonas exclusivas nos cruzamentos para quem trafega sobre duas rodas aguarde a abertura do semáforo em segurança, separado dos demais veículos, a criação dos bolsões busca evitar colisões traseiras, imprensaduras, batidas em retrovisores e conflitos nas saídas dos sinaleiros.


Trata-se, conforme pontua o diretor de trânsito da CMTU, Major Sérgio Dalbem, de uma medida que tem sido adotada em diferentes cidades Brasil afora com o intuito de diminuir o número de acidentes e melhorar a fluidez do trânsito. “Naturalmente, devido à leveza do veículo, as motocicletas saem na frente dos carros quando o sinal fica verde. Com os bolsões, a ideia é evitar a arrancada de motos nos corredores ou entre os automóveis”, comentou.

Continua depois da publicidade


Viabilizados pela Lei n° 12.872, cujo texto de autoria do vereador Jairo Tamura (PL) foi aprovado pela CML (Câmara Municipal de Londrina) em 2019, os primeiros bolsões da cidade começaram a funcionar em fevereiro de 2021. Os espaços de segurança têm cerca de dois metros e ficam situados entre a travessia de pedestres e a faixa de retenção dos veículos.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade