20/09/20
°/°
Inovação

Londrina usou extração de DNA imediata em acidente aéreo

O Instituto de Criminalística dispõe de tecnologia que permite extrair o DNA de ossos em menos de um minuto, operação que demorava até 72 horas pelo método tradicional. A inovação científica garante mais agilidade na elucidação de crimes e na conclusão de inquéritos policiais.

De acordo com informações da Sesp (Secretaria de Estado da Segurança Pública), o método foi fundamental na confirmação da identidade das vítimas do acidente aéreo ocorrido em janeiro em Londrina. Em muitos acidentes as vítimas só podem ser identificadas pelo DNA ósseo, porque os corpos estão carbonizados.


A nova técnica de extração de DNA de ossos foi apresentada durante o encontro nacional de laboratórios forenses e despertou o interesse dos laboratórios de Brasília, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Goiás. Peritos do Japão, China, Turquia, Canadá, EUA e França já fizeram contato para conhecer mais detalhes sobre a técnica.
Bonde com Sesp
Continue lendo
Pandemia
Carreata em Londrina pede adoção de tratamento precoce contra a Covid-19
20 SET 2020 às 16h35
Tudo digital
Governo prepara extinção do parque gráfico do Estado
20 SET 2020 às 15h16
Em Peabiru
Polícia rodoviária apreende produtos estrangeiros em caminhão de Londrina
20 SET 2020 às 13h49
Nossa Senhora da Paz
PM entra em confronto com aglomeração e usa munição não letal para conter pessoas
20 SET 2020 às 12h58
Futuro Emergencial
Ratinho sanciona lei para garantir empregos de jovens aprendizes na pandemia
20 SET 2020 às 12h05
Mais que a indústria
Agronegócio aumenta demanda por frete em 10% em 2020
20 SET 2020 às 11h18
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados