Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Global Invest Morning Call - 15/08/05

15 ago 2005 às 08:43
Continua depois da publicidade
Agora finalmente estamos diante da última fronteira, a hora em que teremos que discutir abertamente quais os rumos do mercado diante da hipótese de impeachment de Lula. Apesar de crer que não chegaremos nesse ponto, não é prudente deixar de cenarizar quais as hipóteses mais prováveis e seus respectivos impactos, tentando responder algumas dentre inúmeras perguntas: Como se daria esse processo e por quanto tempo se arrastaria? Quais seriam os prováveis candidatos a assumir os rumos da Nação? Como eles conduziriam a economia? Como fica o quadro eleitoral de 2006? Simplificando bastante o raciocínio, minha aposta é a trivial: Assume o vice José Alencar, sem mudança da atual política econômica. Mas o problema é que outras hipóteses são possíveis trazendo graus variados de incertezas, e sabemos que o mercado não se comporta bem diante de incertezas. Portanto, subimos de patamar em termos de volatilidade, entramos em terreno escorregadio. Cuidado, diminua suas posições, trabalhe com stops mais curtos e seja menos pretensioso com seus objetivos de resultado. Essa semana teremos continuidade do nosso drama político por aqui, ofuscando até mesmo a reunião do Copom, que pode marcar o início do processo de queda de juros (ainda creio que fica pra setembro). Lá fora a cena será comandada pela divulgação dos indices d epreços ao consumidor e ao produtor. Muito boa Sorte! Mercado Brasileiro Dólar – Não se esqueça que alta por aqui tem vida curta. Venho colocando que essa faixa de R$ 2,25/2,27 é um suporte muito forte, que encoraja reações como as vistas na quinta e sexta. E o roteiro é sempre o mesmo: excesso de gente vendida, posição técnica ruim, stops em cascata e alta forte. Forte mas não duradoura, pois lá em cima sempre surgem novos vendendores. Outro aspecto a considerar de agora em diante é o comprtamento do Banco Central, de fato fiquei surpreso com essa atuação do BC, mas confesso que a mesma não me convenceu, achei meio burocrática, não creio que estejam sinalizando piso. e qualquer forma testaremos essa hipótese em breve, quando voltarmos a testar o piso de R$ 2,25/2,27. No dólar futuro temos suporte forte a R$ 2,360 e resistência a R$ 2,420. Dentro dessa faixa termos um play e fora dela siga o movimento. Dólar á vista: R$ 2,372 (+1,19%); Dólar futuro ago/05: R$ 2,386 (+0,55%); Euro: R$ 2,9501 (+1,25%). [ relatório completo ]

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade