27/10/20
PUBLICIDADE
Igreja católica

Em Roma, Papa diz que egoísmo indiferente é 'pior vírus'

Durante a missa do Divino Espírito Santo, realizada na igreja do Espírito Santo em Sassia, em Roma, neste domingo (19), o papa Francisco afirmou que há um vírus pior do que a Covid-19: o egoísmo indiferente.

Ansa
Ansa


"A misericórdia não abandona quem fica para trás. Agora, enquanto pensamos em uma lenta e difícil retomada da pandemia, se insinua esse perigo: esquecer quem ficou para trás. O risco é que nos atinja um vírus ainda pior, aquele do egoísmo indiferente. Ele é transmitido a partir da ideia de que a vida melhora se melhorar para mim, que tudo ficará bem, se ficar bem para mim", afirmou durante a homilia.

"Não pensemos só nos nossos interesses, nos interesses parciais. Acolhamos essa prova como uma oportunidade para preparar o amanhã para todos, sem descartar ninguém. Porque sem uma visão de estarmos juntos, não haverá futuro para ninguém. Isso não é ideologia, é cristianismo. Usemos a misericórdia para quem é mais fraco porque só assim reconstruiremos um mundo novo", disse ainda durante a cerimônia transmitida por streaming.

O Pontífice ainda afirmou que a melhor resposta dos cristãos para as "tempestades da vida e da história" deve ser o "ensinamento da solidariedade".

"A resposta não pode ser nada além da misericórdia. O amor com compaixão entre nós e para todos, especialmente, quem sofre, quem luta mais, quem é abandonado. Não é ter dó, não é assistencialismo, mas compaixão que vem do coração. Que a misericórdia cristã inspire também a justa divisão entre as nações e suas instituições para enfrentar a crise atual de maneira solidária", destacou ainda.

A celebração deste domingo foi especial para os católicos por marcar os 20 anos da instituição do Domingo do Divino Espírito Santo, data criada ainda pelo papa João Paulo II. Essa também foi a primeira vez em 25 anos que um Pontífice rezou a missa na igreja do Espírito Santo em Sassia de Roma.

Assim como tem sido com todas as outras celebrações religiosas, desde o início de março, a missa foi transmitida de maneira online e sem a presença de fiéis para evitar aglomerações.

Oração por médicos e voluntários

O papa Francisco voltou a fazer uma oração especial para os médicos e voluntários que estão atuando na linha de frente do combate ao novo coronavírus, fazendo com que todas as intenções da missa fossem voltadas a todos que atuam na pandemia.

Ao final da cerimônia, o líder da Igreja Católica agradeceu aos jornalistas presentes que "ao invés de estarem na cama em pleno domingo, foram trabalhar". "Obrigado, muito obrigado. Comunicar é um bem", disse ao pequeno grupo.
Ansa Brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Colisão frontal

Grave acidente mata mulher grávida de gêmeos na PR-445

26 OUT 2020 às 18h57
Motorista não prestou socorro

Carro é atingido por caminhão, capota e bate em poste na BR-369 em Londrina

26 OUT 2020 às 17h39
Sem ciclovia

Com promessa de desafogar trânsito, prefeitura entrega terceira faixa da Ayrton Senna

26 OUT 2020 às 16h36
Em estado líquido

Nasa anuncia descoberta de água na superfície iluminada da Lua

26 OUT 2020 às 16h35
Coronavírus

Vacinação 'não é uma questão de Justiça', mas de saúde, afirma Bolsonaro

26 OUT 2020 às 16h22
Benefício

Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial

26 OUT 2020 às 14h18
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados