Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
ISS

Nasa confirma que pedaço da Estação Espacial caiu sobre casa

Folhapress
16 abr 2024 às 13:39
- Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um objeto que caiu do céu e se chocou contra a casa de um americano foi confirmado como um fragmento de metal ejetado da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), informou a Nasa, a agência espacial dos Estados Unidos, nesta segunda-feira (15).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Ela merece

Em ano olímpico, Rebeca Andrade ganha homenagem da Barbie e quer inspirar outros sonhos

Imagem de destaque
Saiba mais

CEO do Google defende uso gratuito de conteúdos na internet para treinar IA

Imagem de destaque
Karim Bianchi

Senador chileno diz que foi abduzido por ETs e que precisa difundir mensagem

Imagem de destaque
The Posthumous Memoirs of Brás Cubas

Edição em inglês de Memórias Póstumas de Brás Cubas é o livro latino mais vendido na Amazon

O estranho episódio veio à tona no mês passado, quando Alejandro Otero, morador de Naples, no estado da Flórida), publicou na rede X que um objeto metálico "atravessou o teto e dois andares" de sua casa repentinamente e quase atingiu seu filho, em 8 de março.

Publicidade


Ocorreu em um instante e lugar que coincidiam estreitamente com as previsões oficiais sobre a ignição atmosférica de um fragmento de uma plataforma de carga que transportava baterias velhas e que se soltou da estação orbital em 2021, tornando-o uma correspondência provável, de acordo com observadores espaciais.


A Nasa, que posteriormente recolheu o objeto caído na casa de Otero para análise, confirmou em uma nova publicação em seu blog que as conjecturas estavam corretas.

Publicidade


"Com base na análise, a agência determinou que o fragmento era um pilar do equipamento de apoio de voo da Nasa utilizado para colocar as baterias na plataforma de carga", detalhou.


"O objeto é feito da liga metálica Inconel, pesa 0,7 quilogramas, mede 10 centímetros de altura e 4 centímetros de diâmetro", acrescentou.


A agência espacial também se comprometeu a investigar como o fragmento resistiu à destruição total na atmosfera, acrescentando que atualizaria seus modelos de engenharia a partir deste incidente.


"A Nasa segue comprometida em operar responsavelmente na órbita terrestre baixa e para mitigar o maior risco possível com o objetivo de proteger as pessoas na Terra quando houver liberação de hardware espacial", disse a agência.


Imagem
IBGE vai vender mapa com Brasil no centro do mundo após 'grande sucesso'
O lançamento de um mapa-múndi que coloca o Brasil no centro da projeção cartográfica foi um "grande sucesso", afirmou nesta segunda-feira (15) o IBGE
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade