Pesquisar

Canais

Serviços

Arquivo FOLHA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
CASO BÁRBARO

Polícia indicia jovem acusado de matar namorada grávida no Norte Pioneiro

Redação Bonde
28 nov 2021 às 12:07
Continua depois da publicidade

A Polícia Civil de Bandeirantes (85 km de Londrina) finalizou o inquérito que investiga a morte de Larin Rodrigues, 22 anos, que teria sido assassinada pelo próprio namorado, Fernando Amaro de Oliveira, 24. O jovem foi indiciado por homicídio triplamente qualificado e continua preso em Londrina. Em entrevista à FOLHA, o advogado dele, Odair Buzato, revelou que não pretende pedir a liberdade provisória por entender que a cadeia é um local mais seguro para o seu cliente. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Segundo o delegado de Bandeirantes, Michel Araújo, outras pessoas podem ter ajudado Fernando a matar Larin. O acusado negou envolvimento no caso durante depoimento à polícia. "Não temos dúvida da participação dele", disse. Laudos feitos no Instituto Médico Legal de Jacarezinho confirmaram que a jovem levou um tiro na boca de um revólver calibre 32. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Ela estava grávida de três meses. Até hoje, o feto não foi encontrado. "Não sabemos, pelo menos até o momento, se ele teria sido retirado da vítima". Larin foi encontrada morta em uma estrada rural na noite de 15 de novembro, dois dias depois de desaparecer. O Ministério Público decide agora se denuncia ou não Fernando à Justiça. 



Continue lendo