Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Para troca de informações

Assembleia do Paraná cria rede social própria

Redação Bonde com ALEP
13 jun 2012 às 15:40
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Assembleia Legislativa lançou na terça-feira (12) a rede social corporativa da Casa, durante workshop realizado no Plenarinho. A apresentação da plataforma foi realizada pelo gerente de serviços da empresa NTC - Núcleo de Tecnologia e Conhecimento em Informática Ltda., Antônio Gonçalves, com a presença de funcionários e diretores. Na oportunidade foram demonstrados o funcionamento e os benefícios das ferramentas disponíveis no projeto. Com a implantação do sistema, o Legislativo paranaense passa a ser o primeiro do país a utilizar a plataforma. A rede é complementar a outros módulos em desenvolvimento no plano de modernização administrativa e gestão de Tecnologia da Informação (TI) do Parlamento estadual.

"Com esta medida, damos mais um fundamental e necessário passo na evolução do processo de informatização e transparência da Casa. Hoje temos uma Assembleia aberta e que apresenta informações e presta contas dos seus atos. E com este sistema de informação corporativa teremos agilidade, funcionalidade e integração entre os setores. O Legislativo é pioneiro na implantação desta rede, e mais uma vez está saindo na frente de outras assembleias brasileiras", disse o presidente da Casa, deputado Valdir Rossoni (PSDB).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Denominado Infolep, o novo canal de comunicação reunirá diretorias, funcionários, deputados e posteriormente também a comunidade em um mesmo ambiente virtual, incentivando a colaboração entre os agentes participantes da rede. Com uma interface prática e fácil, os usuários poderão ainda criar grupos de discussão e trocar informações em tempo real, além de outras atividades, como o compartilhamento de dificuldades e dúvidas referentes ao ambiente legislativo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Recordou da facada de 2018

Bolsonaro diz que 'só conservadores' sofrem atentado ao comentar tiro em Trump

Imagem de destaque
Entenda

PF tira software espião do foco e mira dossiês em investigação sobre 'Abin paralela' de Bolsonaro

Imagem de destaque
Análise

Governo Lula perde debate digital de saidinha, dólar e arroz e ganha com BC e PL Antiaborto

Imagem de destaque
Mulheres são mais afetadas

Câmara aprova inclusão de políticas públicas para Burnout no SUS; especialistas comentam


Para o 1º secretário da Assembleia, deputado Plauto Miró (DEM), este é mais um passo importante no projeto de reforma administrativa e de modernização da Casa. "É um momento especial e importante para a atual gestão, porque estamos informatizando e unificando as informações. Os servidores e as diretorias estarão trabalhando de maneira mais integrada, rápida e segura. Com isso, as informações ficarão ainda mais fáceis. Teremos ainda economias, porque vamos deixar de gastar com determinados procedimentos que, a partir de agora, vão deixar de utilizar papéis e serão todos informatizados".

Publicidade


Funcionalidades – A plataforma, criada pela empresa NTC, vencedora de processo licitatório ocorrido em dezembro do ano passado, integra o projeto de informatização total da Assembleia Legislativa. O sistema disponibiliza módulos para o compartilhamento de arquivos em texto, troca de mensagens instantâneas, criação de grupos de discussão e vai contar ainda com uma ferramenta para a construção colaborativa de conhecimento e com um módulo de convite externo, onde o usuário pode incluir pessoas externas à rede para participar de debates.


"É uma rede que carrega as práticas das redes sociais abertas, mas aplicado às organizações e à Assembleia. E os conceitos são de facilitar e integrar servidores, promover um processo de comunicação ativo entre estes servidores e, consequentemente, fortalecer o processo de compartilhamento de informações. Esta rede, especificamente a Infolep, vem para ser a grande plataforma de comunicação da Casa e dos seus servidores de forma corporativa", disse o gerente de serviços da NTC, Antônio Gonçalves.

Publicidade


Diferenças – As redes sociais abertas e corporativas possuem funções distintas. Enquanto a primeira busca a comunicação pessoal, com a propagação de publicidade mercadológica e aberta para amigos, a rede corporativa tem o propósito específico da área de interesse. Vale ressaltar que os servidores, deputados e a comunidade que fizerem parte da rede terão segurança e agilidade no processo de comunicação. "Além das funcionalidades entre grupos de discussão, o objetivo é fomentar melhorias no processo de gestão. A rede vem com uma plataforma de governança corporativa da Assembleia, uma vez que todos os processos, todas as tarefas, todas as atividades dos servidores e colaboradores passam a ser realizadas com apoio da plataforma. E assim que estes dados forem postados, você tem uma base de dados qualificada e ativa de informações que podem aprimorar o processo de governança corporativa da Casa", explica o representante da empresa de tecnologia.


Além da rede social, segue em andamento o desenvolvimento do Sistema Integrado de Gestão Empresarial (SIGE), que unificará todos os dados do Parlamento paranaense em um único sistema. Mas o gerente reconhece que a rede paranaense lançada hoje é a primeira do Brasil aplicada nos legislativos, já sendo utilizada nos Ministérios da Saúde e das Comunicações, no governo federal. "Até onde tenho conhecimento a Assembleia do Paraná é pioneira no Brasil neste tipo de ferramenta dentro do Poder Legislativo. Entre os benefícios práticos de órgãos públicos que já utilizam a ferramenta, a gente percebe a facilidade em desencadear atividades organizacionais quando os servidores estão integrados, com melhorias no processo de gestão de atividades diárias executadas".

Acesso – A rede social corporativa pode ser acessada pelo endereço infolep.alep.pr.gov.br, ou clicando no ícone da rede localizada na parte superior direita da página principal do site da Assembleia Legislativa (www.alep.pr.gov.br).


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade