Pesquisar

Canais

Serviços

- Twitter/Fotos Públicas
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Enquanto via 'Chaves'

Bolsonaro posta vídeo no Twitter dizendo que na terça 'volta ao batente'

Agência Estado
09 set 2019 às 09:47
Continua depois da publicidade

Em recuperação da cirurgia para a correção de uma hérnia, realizada neste domingo, 8, o presidente Jair Bolsonaro postou na manhã desta segunda-feira, 9, do leito do Hospital Vila Nova Star, na capital paulista, um vídeo em suas redes sociais dizendo que hoje está de folga, mas na terça-feira (10) deverá "voltar ao batente".

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O vídeo de cerca de 20 segundos começa exibindo o seriado mexicano "Chaves". Depois de dizer que voltará ao batente amanhã, o presidente informa que nesta segunda, por estar de folga, está assistindo o seu programa favorito, o seriado mexicano.

Continua depois da publicidade




Na manhã do domingo, o presidente foi submetido à quarta cirurgia após o ataque a faca que sofreu durante a campanha eleitoral há um ano, em Juiz de Fora (MG). O procedimento foi para a correção de hérnia incisional, que surgiu sob a cicatriz das cirurgias anteriores. No final da tarde de domingo, o presidente tuitou: "Mais uma cirurgia. Desta vez foram 5 horas, mas estamos bem. Obrigado a todos pelo apoio e orações! Obrigado Deus pela minha vida! Logo estarei de volta ao campo. Irruuu!."


O médico responsável pelo procedimento, Antônio Macedo, cirurgião geral do Hospital Vila Nova Star, disse no domingo, em entrevista coletiva, que a cirurgia foi bem-sucedida, que demorou cerca de cinco horas, mais do que o previsto inicialmente - de duas a três horas - devido a uma aderência do intestino, mas não houve complicações.

Continua depois da publicidade

Após o procedimento, o porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rego Barros, informou que Bolsonaro passou a Presidência ao vice, Hamilton Mourão, pelos próximos cinco dias a partir deste domingo. Já o médico informou, no início da noite, que a internação pode se estender por até dez dias e que Bolsonaro deverá sair direto do hospital para o aeroporto. Por isso ainda não é possível prever quando terá alta.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade