05/03/21
PUBLICIDADE
Saiba mais

Daria auxílio emergencial para quem tem acima de 65 anos, diz Bolsonaro

Antonio Cruz - Agência Brasil
Antonio Cruz - Agência <a href='/tags/brasil/' rel='noreferrer' target='_blank'>Brasil</a>


O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta sexta-feira (27) o pagamento de um auxílio emergencial para maiores de 65 anos.


"Se eu tivesse autoridade para buscar solução pra isso, eu daria o auxílio emergencial para os acima de 65 [anos], pode ser um valor maior. Sai muito mais barato", disse o presidente, ao chegar no Palácio da Alvorada.

A fala do mandatário foi transmitida por um site bolsonarista.

O presidente não deu mais detalhes sobre o tema. Sua fala ocorreu enquanto ele conversava com uma simpatizante sobre a possível prorrogação do auxílio, algo que, segundo o presidente, "quebra a economia".

O auxílio emergencial de R$ 600 foi criado como fonte de renda para a população afetada pela pandemia de Covid-19. Desde setembro, o valor foi reduzido para R$ 300.

Nesta semana, o presidente disse esperar que a renovação do auxílio não seja necessária.

Na conversa com simpatizantes na noite de sexta, o presidente voltou a afirmar que houve uma "onda terrível, um pânico" na população em relação ao coronavírus.

"Agora o pessoal fez uma onda terrível ali. Realmente [a Covid-19] matou gente? Matou. A gente sabe disso. Lamentavelmente morreu muita gente, né? Mas fizeram uma onda terrível, um pânico na população. Tem pessoas idosas que estão dentro de casa até agora", declarou.

Segundo dados do Ministério da Saúde, o vírus contaminou até o momento 6,2 milhões de pessoas no Brasil, com quase 172 mil mortes.
Na interação com apoiadores, Bolsonaro foi questionado sobre a redução de impostos sobre bicicletas.

Ele usou a resposta para comentar a reforma tributária.

"Numa reforma tributária, que é difícil sair, porque um monte de interesses estão postos na mesa, a ideia é deminuir isso aí. Mas por enquanto não tô vendo a curto prazo. Acho que esse ano dá para começar a reforma tributária, vai depender depois da futura mesa eleita da Câmara e do Senado também", concluiu.
Ricardo Della Coletta - Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Nesta quinta

Acil reivindica reabertura imediata do comércio após encerramento do lockdown

04 MAR 2021 às 21h05
Nesta quinta

Justiça nega liminar e Câmara de Londrina pode votar decreto para acabar com 'lockdown'

04 MAR 2021 às 17h01
Transtorno

Prefeitura de Apucarana desmente fake news sobre "Programa Vale Mercado”

04 MAR 2021 às 16h26
Seis pessoas multadas

Quatro estabelecimentos são interditados por descumprimento ao decreto estadual em Londrina

04 MAR 2021 às 16h03
Lockdown no Paraná

Em terceiro dia de operação, Aifu vistoria 86 estabelecimentos em Maringá

04 MAR 2021 às 15h44
Iminência do colapso

Maringá decreta situação de emergência e restringe circulação até a próxima segunda (08)

04 MAR 2021 às 15h28
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados