Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Biometria de volta

Eleitores ficam horas na fila para poder votar em Londrina

Rafael Fantin - Especial para a FOLHA
02 out 2022 às 16:00
- Rafael Fantin
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os eleitores dos maiores colégios eleitorais de Londrina tiveram que ter paciência para votar no domingo de eleições gerais. Com o retorno da biometria, que foi suspensa em 2020 como medida sanitária por conta do risco de contágio pela Covid-19, e um número maior de candidatos do que no pleito municipal, o processo para concluir a votação foi mais lento neste ano, o que provocou longas filas e tempo de espera de até duas horas.  


Na maior zona eleitoral da região norte de Londrina, Colégio Estadual Wistremundo Garcia, onde cerca de 6.200 eleitores votam em 15 seções, o tempo de espera era de aproximadamente uma hora e meia, e as filas foram organizadas no pátio da escola para evitar aglomerações. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Auxiliar de farmácia do Hospital Evangélico, Samilly Schiavone reclamou que não foi orientada, corretamente, sobre o direito dos profissionais em atividades, como plantões, votar com prioridade para retorno ao trabalho. “O hospital foi orientado e passou essa informação para os funcionários que estão de plantão. Mas, quem me atendeu não tinha essa informação, inicialmente, e já estou na fila há mais de uma hora”, criticou. Depois da reclamação, ela foi atendida e teve prioridade para exercer o direito na seção eleitoral em que está registrada.

Leia mais:

Imagem de destaque
No X (antigo Twitter)

Milei compartilha mensagens que associam Lula ao Hamas e exaltam ato de Bolsonaro

Imagem de destaque
Ex-presidente inelegível

Ato reúne apoiadores de Bolsonaro na Avenida Paulista, em São Paulo

Imagem de destaque
Polêmica

Declaração de Lula sobre ação militar de Israel dá força a manifestações da extrema direita

Imagem de destaque
Tentativa de golpe

Militares da ativa escreveram carta para pressionar Exército a participar de golpe, diz PF


Na Escola Municipal Moacyr Teixeira, também na zona norte, os fiscais organizaram as filas que dobraram a esquina e a expectativa já era de distribuição de senhas após o fechamento da votação, às 17h, para quem ainda estivesse aguardando. 


O cálculo dos mesários era de que em uma seção de 380 eleitores, a cada hora, a média era de 30 votações concluídas. Urnas tiveram que ser reiniciadas e também houve reclamações de falhas na biometria. O tempo de espera no local, que tem 5.330 eleitores em 14 seções, era de uma hora e meia, em média, de acordo com relatos dos eleitores.


LEIA A MATÉRIA COMPLETA NA FOLHA DE LONDRINA

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade