Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/ Instagram
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
‘Desculpa esfarrapada’

Neto diz que MDB vai filiar outros cinco a cada um que sair, após retirada de Requião

Simoni Saris/ Grupo Folha
02 ago 2021 às 17:52
Continua depois da publicidade

O deputado estadual Anibelli Neto, que venceu no último sábado (31) a disputa pelo controle do MDB no Paraná, afirmou estar tranquilo em relação aos rumos que o partido irá tomar daqui para a frente. Logo após o resultado da convenção partidária, cujo placar ficou em 203 a 77, o ex-governador e ex-senador Roberto Requião, que encabeçava a chapa derrotada, anunciou a saída da legenda e, com ele, deve levar outros correligionários. Um deles, o filho, deputado estadual Requião Filho.

Continua depois da publicidade


"O partido continua do jeito que está. O MDB é diferenciado porque tem muita força na base, muitas lideranças, vamos prestigiar a todos que tiverem a dignidade de se manter no partido”, disse Anibelli Neto nesta segunda-feira (2), em entrevista à FOLHA. "Ganhar e perder convenções faz parte da democracia interna do MDB. A gente não imaginava que a diferença seria tão grande, mas demonstra o sentimento dos delegados, que são quem mais têm conhecimento e história dentro do partido”, disse o presidente recém-eleito.

Continua depois da publicidade


Desde o sábado, após a divulgação do resultado da convenção partidária, Roberto Requião tem usado as redes sociais para alfinetar o MDB e os atuais líderes da legenda. Em seu perfil no Twitter, atacou Anibelli Neto e o vice, o deputado federal Sergio Souza, pelo alinhamento ao governador Ratinho Junior e ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia mais na Folha de Londrina.

Continua depois da publicidade


Continue lendo