Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Tentou atrapalhar Lava Jato

PF prende Delcídio Amaral, líder do Governo no Senado

Redação Bonde
25 nov 2015 às 08:03
- Geraldo Magela /Agência Senado
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O senador Delcídio Amaral (PT-MS), líder do Governo no Senado, foi preso pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (25). Ele estaria atrapalhando as investigações da Operação Lava Jato.

Os policiais também cumpriram mandados de busca e apreensão no gabinete do político. As ações foram autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Além dele, a PF prendeu o chefe de gabinete dele, Diogo Rodrigues, e o advogado de Nestor Cerveró, Edson Ribeiro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo a PF, Delcídio tentou dificultar o acordo de delação premiada de Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras, sobre informações de uma suposta participação de Delcídio em irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, no Estados Unidos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Redes sociais

Lula diz que big techs lucram com disseminação do ódio e que vai retomar debate sobre regulação

Imagem de destaque
Entenda

Alta de tributo para compensar desoneração continua na mesa, diz Padilha após resistência do Senado

Imagem de destaque
Após muita discussão

Projeto de Lei que permite sepultamento de pets em cemitérios de Londrina é protocolado

Imagem de destaque
Na SRP

Londrina: Ministro da Pesca e Aquicultura destaca potencial do Norte do Paraná na piscicultura


Essa é a primeira vez que um senador em exercício é preso na história do Brasil. Segundo o artigo 53 da Constituição Federal, deputados e senadores possuem imunidade parlamentar, salvo em flagrante de crime inafiançável.

Na operação deflagrada hoje, o banqueiro André Esteves, do banco BTG Pactual, também foi preso. Cerca de 200 policiais participam da ação. (Com informações do G1).


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade