Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Vai recorrer na Justiça

PPS critica presença de Lula e Haddad no Ratinho

Agência Estado
01 jun 2012 às 17:03
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), anunciou nesta sexta-feira (1º) que o partido vai recorrer à Justiça Eleitoral contra o programa do apresentador Ratinho, veiculado pelo SBT na noite de quinta-feira, com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad. O partido alega que houve propaganda eleitoral fora do período permitido pela legislação.

Em nota, o presidente do PPS afirmou que o ex-presidente Lula, em participação no programa, "não procurou nem mesmo fingir seu claro propósito: fazer propaganda eleitoral antecipada a favor de seu escolhido". Freire disse ainda que houve um ilícito eleitoral e que a igualdade entre os candidatos na disputa pela prefeitura de São Paulo está ameaçada.

Cadastre-se em nossa newsletter

"A lei não permite que um pré-candidato, acompanhado de seu principal cabo eleitoral, transforme um programa de televisão em um palanque de campanha", disse. Na TV, Lula fez campanha para Haddad. "São Paulo precisa ter alguém que tenha o entusiasmo que ele teve cuidando da educação", disse Lula no programa. A medida judicial será encaminhada pelo diretório do PPS de São Paulo ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE).


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade