Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Plano de Demissão Voluntária

Projeto de lei para concessão da Rodoviária chega à Câmara de Londrina com PDV de servidores

Lucas Marcondes - Grupo Folha de Londrina
07 nov 2023 às 19:16
- Micaela Orikasa - Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Já está com os vereadores o projeto de lei elaborado pela administração de Marcelo Belinati (PP) para autorizar a concessão do Terminal Rodoviário de Londrina (TRL) à iniciativa privada. O PL 218/23 começou a tramitar no último dia 1º, ocasião em que foi despachado para futura avaliação da Comissão de Justiça, Legislação e Redação, que tem até 1º de dezembro para dar seu parecer. Em seguida, o texto terá como destino a Comissão de Administração, Serviços Públicos, Fiscalização e Transparência.


Embora não seja possível estimar um prazo para a proposta chegar ao plenário, o Executivo está otimista para, já no início de 2024, ter a matéria votada para, dessa forma, conseguir abrir o edital de concessão da Rodoviária. A estimativa foi dada à FOLHA pelo secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti. “Estamos já conversando com os vereadores, com uma expectativa de que consigamos aprovar esse projeto de lei este ano”, disse ele.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Cavazotti sustentou que há uma “preocupação grande” por parte da Prefeitura em relação ao quadro de profissionais do TRL. “Esse projeto também informa que, em relação aos funcionários atuais da Rodoviária, a CMTU deve fazer um PDV [Programa de Demissão Voluntária] para aqueles que tiverem interesse em se desligar. E os funcionários que não tiverem interesse em se desligar podem ser transferidos para a CMTU. Podem atuar, inclusive, na fiscalização da concessão.”

Leia mais:

Imagem de destaque
Tentativa de golpe

Bolsonaro tem novas derrotas no STF ao tentar afastar Moraes de inquérito e ser dispensado de ir à PF

Imagem de destaque
Propaganda irregular

TSE multa Carla Zambelli em R$ 30 mil por fake contra Lula na eleição

Imagem de destaque
'Discutiram cenários de golpe'

Comissão de Ética abre processo contra ministros de Bolsonaro por reunião com teor golpista

Imagem de destaque
Milhares de civis mortos

Reação de Israel a fala de Lula é cortina de fumaça para ataques em Gaza, diz Mauro Vieira


Os recursos para bancar o PDV, segundo o titular da Gestão Pública, virão dos recursos da outorga a ser paga pela futura vencedora da concessão. De acordo com o secretário, o processo deve despertar o interesse de “várias empresas”. O contrato a ser firmado é de 30 anos, renováveis pelo mesmo período, e prevê investimentos de R$ 20 milhões, marcadamente na infraestrutura do local.


LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA FOLHA DE LONDRINA:

Imagem
Com PDV de servidores, PL para concessão da Rodoviária chega à Câmara
Recursos para Plano de Demissão Voluntária de funcionários do TRL viriam do pagamento da outorga do espaço pela iniciativa privada
Receba notícias do Bonde no Whatsapp/Telegram e fique por dentro de tudo!
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade