Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Demanda antiga

Reunião em janeiro do próximo ano pode definir articulação pelo Contorno Leste

Douglas Kuspiosz - Especial para a Folha
02 dez 2023 às 14:30
- Gustavo Carneiro/Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os próximos passos da articulação pelo Contorno Leste de Londrina - demanda antiga que vem mobilizando lideranças da região e foi um dos tópicos debatidos no Encontros FOLHA realizado em novembro - podem ser definidos em janeiro em uma reunião entre prefeitos, o secretário de Infraestrutura, Sandro Alex (PSD), e o diretor-geral do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Fernando Furiatti. 


É o que afirma o presidente da Amepar (Associação dos Municípios do Médio Paranapanema), Sergio Onofre (PSC), que também é prefeito de Arapongas (Região Metropolitana de Londrina).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A associação realizou uma reunião com prefeitos nesta sexta-feira (1°) para discutir a situação. Em outubro, Sandro Alex entregou um documento assinado pelo governador Ratinho Junior (PSD) confirmando o interesse do governo em incluir a obra no Lote 4, mas condicionou ao apoio de deputados e prefeitos da região.

Leia mais:

Imagem de destaque
JULGAMENTO

Moraes vota para condenar mais 15 pelos atos golpistas de 8/1

Imagem de destaque
"Câmara é um poder independente"

Belinati evita polêmica e deve sancionar projetos de salários e mais comissionados na Câmara

Imagem de destaque
30,2 mil palestinos mortos

Brasil diz que governo de Israel 'não tem qualquer limite ético ou legal' em Gaza

Imagem de destaque
Ano de 2023

Prefeitura e Câmara de Londrina prestam contas sobre receitas e gastos


“O governador já assinou. Se a região acha importante e todos os representantes assinarem, o governo do Estado vai encaminhar ao ministro [dos Transportes, Renan Filho] e vamos ter uma variação no preço. A palavra final é da região”, disse Alex em outubro.

Publicidade


“A nossa indagação é só uma: por que o contorno de Ponta Grossa está no pedágio, por que outros contornos estão e o de Londrina os prefeitos têm que assinar para acontecer?”, questiona. “O documento que veio para nós é para aumentar a taxa de pedágio. É uma loucura. Eu sou contra aumentar a taxa de pedágio. Eu quero que tenha pedágio barato e saia a construção [do contorno].”


A leitura do presidente da Amepar é que a obra precisa existir “de uma maneira ou de outra” e que, como há benefício para toda a região, a associação propôs a reunião com o governo - já que, até o momento, o documento entregue por Sandro Alex não foi assinado. A reunião em janeiro ajudará a “tomar uma decisão do que vai ter que fazer”.


“Nenhum prefeito é contra a obra, porque tem um deputado falando que somos contra a obra. Ninguém é contra obra nenhuma. Pelo contrário, todas as obras que venham para beneficiar a região, todos os prefeitos da região são favoráveis”, completou.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Reunião pode definir próximos passos da articulação pelo Contorno Leste
O presidente da Amepar, Sergio Onofre, afirmou que ‘nenhum prefeito é contra a obra’, mas questiona possível aumento na tarifa
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade