Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Difícil encher o tanque?

Preço da gasolina nos postos sofre alta de 46% em 2021, diz ANP

Marcelo Azevedo/Folhapress
04 jan 2022 às 08:43
Continua depois da publicidade

O preço médio da gasolina nos postos brasileiros teve alta de 46% em 2021, de acordo com levantamento divulgado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) nesta segunda-feira (3).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Segundo a agência, na semana entre 26 de dezembro de 2021 e 1° de janeiro de 2022, o litro da gasolina comum custava, em média, R$ 6,618, o que representa uma diferença de R$ 2,101 em um ano. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Entre 27 de dezembro de 2020 e 2 de janeiro 2021, o consumidor pagava, em média, R$ 4,517.


O etanol também apresentou alta considerável no acumulado de 2021, indo de R$ 3,180 para R$ 5,063 por litro no mesmo período, em média, aumento de 59%.


O preço médio do litro do óleo diesel foi de R$ 3,635 para R$ 5,336, acréscimo de R$ 1,70, ou 47%.

Continua depois da publicidade


Na comparação semanal, o preço médio da gasolina fechou praticamente estável, com redução de 0,12%.


Foi o quarto período seguido de queda, movimento iniciado pela redução na cotação internacional do etanol hidratado e pelo corte de promovido pela Petrobras em suas refinarias observado em dezembro de 2021.


No último dia 15, a petroleira cortou em 3,1% o preço de venda da gasolina em suas refinarias, valor equivalente a R$ 0,10 por litro. Foi a primeira redução no preço do combustível desde o dia 12 de junho.


O etanol também acompanha a trajetória de queda semanal, com preço médio por litro caindo 0,31%. Já o diesel permaneceu estável no período.

Continue lendo