Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Mania em Curitiba: festinhas picantes reúnem a sociedade...

14 jul 2004 às 11:00
Continua depois da publicidade

Nas noitadas regadas à champanhe o auge vem bem no final e deixariam até Stanley Kubrick (cineasta morto que fez a "De Olhos bem Fechados", estrelado por Nicole Kidman e Tom Cruise quando ainda eram casados) boquiaberto.
As cenas de sexo que rolam são explícitas e fogem do tradicional papai-mamãe.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O apelo sexual deste tipo de festa é menor do que se imagina. Apesar de se fazer um auê tremendo sobre quem foi ou quem deixou de ir, as tais festas nada tem de surubão coletivo. Na verdade vivemos um tempo em que ninguém contemporâneo ( os caretas estão de fora dessa. Depois falaremos deles) se choca com muita coisa. Roubalheira, descaramento em tempos de eleições, arraiais presidenciais ( até rima) e o povo quer é dar risada. Então fazer uma festinha que tem gente transando no meio da sala para os convidados verem é água com açúcar para qualquer brasileiro maior de 30 anos ver.
E o povo tá ficando meio sacudo de tanto ver tudo acontecendo e começa a inventar. A invenção do momento na cidade é essa. Tem gente apavorada com a coisa. Tem outros se partindo de tanto rir. Afinal na tal festinha ( que a coluna não foi) o tal sexo explícito acabou ficando pela metade. Era muita platéia e o casal se encabulou. Pode???

Continua depois da publicidade


Não é de hoje que as orgias atraem o imaginário popular, mas na verdade o que a maioria ainda procura é o beijo na boca e o posso te ligar depois. Fica provado que se
as orgias funcionassem mesmo, ninguém mais casava com ninguém. A imaginação ainda seduz mais que o visual. Como disse o especialista em reprodução humana, Malcom Montgomery à coluna "sexo é sensorial e não visual". Bom mesmo é uma boa penumbra e um zunido no ouvido. Cheiros e sabores também valem. De resto tudo é brincadeira para barbarizar mesmo.


Sobre os caretas:
Parece mentira. É papo de salão, mas vou contar: uma jovem senhora curitibana, dia desses repreendeu as filhas por elas estarem pintando as unhas de vermelho. Ela disse: "para mim quem usa essas cores fortes é galinha". Detalhe: as duas filhas estavam com as unhas pintadas de vermelho sangue. Em que mundo ela vive????

Nossa sociedade é um disparate mesmo. De um lado sexo explícito inacabado. De outro gente que ainda acredita que mulher que pinta unha e fuma é da vida.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade