Pesquisar

Canais

Serviços

Novos álbuns nacionais chegam às lojas


Quebra-Queixo é a criação máxima do quadrinista brasileiro Marcelo Campos
- Reprodução
28 abr 2005 às 11:00
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Curitiba - As editoras nacionais felizmente têm apostado mais em autores brasileiros e a boa notícia é que mais dois álbuns produzidos por aqui acabam de chegar às livrarias e lojas especializadas. ''Vida de Estagiário'', de Allan Sieber, sai pela Conrad e ''Quebra-Queixo: Technorama - Volume 2'', de Marcelo Campos e convidados, está disponível pela Devir.

Continua depois da publicidade

Allan Sieber é um dos mais bem-humorados, ácidos e irreverentes cartunistas brasileiros da atualidade. Diferente de Caco Galhardo, Angeli e Laerte -o trio mais produtivo hoje em dia- Sieber se diferencia por explorar o lado ''escroto'' de cada um: o cinismo, o egoísmo, a indiferença, situações constrangedoras. O autor, gaúcho de Porto Alegre, tem 33 anos e passou a fazer sucesso a partir do curta-metragem em 35mm ''Deus é Pai'', premiado nos festivais de Gramado e Animamundi.


Desde 2000, quando fundou a produtora de desenhos animados Toscographics, ao lado de Denise Garcia, Sieber vem criando aberturas e vinhetas para programas televisivos, assim como as próprias animações. Uma delas esteve no longa ''O Homem Que Copiava'', de Jorge Furtado. Mesmo atarefado com as animações, Sieber nunca deixou de fazer quadrinhos. Além de ''Preto no Branco'', lançado pela Conrad em 2004, e ''Últimas Palavras'', em formato de bolso, o autor faz trabalhos para a revista Sexy e tem em seu diário virtual, no www.allansieber.com, uma das páginas mais acessadas do Brasil.


Seu grande sucesso nas tiras de jornal, ''Vida de Estagiário'', publicado regularmente até hoje na Folha de S. Paulo, foi compilado em um álbum com 104 páginas. Publicado pela Conrad, o material, com miolo todo colorido, narra o difícil cotidiano de ''camelagem'' do estagiário Oséias, que sempre é ofendido, usado, abusado e humilhado por seu chefe e os colegas de trabalho, numa sátira a fatos comuns à todo assalariado brasileiro. Um dos atrativos da edição são depoimentos de personagens reais: vários ''Oséias'', no Norte ao Sul do Brasil, contam episódios da ''Vida de Estagiário'' entre as páginas de quadrinhos.


Quebra-Queixo - O personagem durão do quadrinista Marcelo Campos volta mais uma vez em aventuras despretensiosas e cheias de humor. A edição, que terá lançamento oficial em São Paulo na próxima sexta-feira, reúne seis histórias, com os personagens convidados ''A Selvagem Tanga'' e ''Insetomic''.

Continua depois da publicidade


Quebra-Queixo sempre trouxe o lado irônico dos super-heróis e Campos, ao lado de Octavio Cariello (com quem é sócio da Quanta Academia de Artes, na capital paulista), conduzem novamente o roteiro a partir dessa linha, com trabalho de vários autores convidados, a maioria alunos da escola de quadrinhos.


Destaque para os trabalhos estilizados de Jefferson Costa (influenciado por Mike Mignola, em ''Hellboy'') e Thiago Cruz (à la desenhos mais novos do Cartoon Network, como ''O Laboratório de Dexter''). O texto não traz muita profundidade e, como é até sugerido no prefácio, não está ali para acrescentar muita coisa aos quadrinhos e sim apenas entreter. O ponto negativo fica por conta da falta de cuidado na arte-final e pós-produção. Alguns desenhos perdem impacto e são até confusos pela falta de cor, como as ilustrações de Julia Bax.


Serviço - ''Vida de Estagiário'', de Allan Sieber, sai pela editora Conrad, no formato 21 x 23 cm com 104 páginas, ao preço de R$ 25. ''Quebra-Queixo: Technorama - Volume 2'', é publicação da Devir Editora, tem formato 17 x 26 cm, com 80 páginas ao preço de R$ 19,50.


Música+Quadrinhos: Garage Fuzz+Vida de Estagiário

Os dois álbuns podem ser encontrados na Itiban Comic Shop, em Curitiba: Av. Silva Jardim, 845. Fone: (41)-232-5367.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade