Pesquisar

Canais

Serviços

[b]Jason[/b] não é um garoto normal. Ele tem vontade de fumar e deseja mulheres curvilíneas - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Um garotinho infernal

09 mar 2010 às 11:19
Continua depois da publicidade

Devir Livraria publica ''Bad Boy'', que reúne Frank Miller e Simon Bisley em trama maluca e intrigante

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Jason não é um garoto normal. Ele tem vontade de fumar e deseja mulheres curvilíneas. Age como um adulto, pensa como um adulto e, bem, talvez seja um adulto. O personagem ganhou a admiração de muitos leitores e a história, apesar de ser curta, marcou a carreira de dois consagrados artistas: Frank Miller e Simon Bisley. ''Bad Boy'' volta a ser publicada no Brasil, em uma impressão mais caprichada, pela Devir Livraria.

Continua depois da publicidade


''Bad Boy'' narra a história de Jason e sua busca pela verdade. Aos poucos, ele vai descobrindo que seus hábitos e vícios, suas diferenças em relação aos meninos comuns da mesma idade, fazem parte de um grande esquema. Seus pais, por exemplo, não passam de atores contratados.


Além dos textos divertidos e irônicos de Miller - nessa época, diferente dos atuais tempos do fiasco cinematográfico ''The Spirit'', criava com mais entusiasmo e autenticidade -, o que chama bastante a atenção é a arte de Bisley. Famoso por criar belas capas pintadas, com estilo rock'n'roll que mistura grafite com outras técnicas, Bisley envolve com uma narrativa baseada em desenhos estilizados, pouco convencionais.

Continua depois da publicidade


Influenciado pelo expressionismo de Bill Sienkiewicz, Bisley usa bem o exagero como forma de ampliar o drama em conjunto com a ação. O resultado pode desagradar quem está acostumado com a segurança de ilustrações e narrativas lineares. Mas com certeza surpreendem quem gosta de sair do lugar-comum. Não à toa, sua passagem por revistas como ''Lobo'' e ''Sláine'' são elogiadíssimas.


Originalmente lançada em capítulos na revista britânica CQ, em 1997, a história ganhou um encadernado comemorativo do aniversário de dez anos, pela Dynamite Entertainment, com capa nova, esboços e uma impressão de luxo. Esta versão é a que foi usada pela Devir, que coloca nas prateleiras material bem superior ao da primeira publicação no Brasil, pela Pandora Books.



30 DIAS DE NOITE
Mais uma reimpressão da Devir Livraria, de uma das histórias que reinventaram o horror nos quadrinhos nos anos 2000. ''30 Dias de Noite: Retorno a Barrow'', ganhou nova capa e vem na cola da recente onda vampiresca da saga Crepúsculo e afins.


Para quem ainda não conhece, as histórias de ''30 Dias de Noite'' acontecem numa cidadezinha do Alaska, Barrow, que, em certo período do ano, passa um mês inteiro sem ver sinal algum do sol. Ou seja, o melhor lugar do mundo para vampiros matarem a fome.


Depois dos eventos mostrados em ''30 Dias de Noite'' e ''30 Dias de Noite: Dias Sombrios'', ''Retorno a Barrow'' mostra uma nova empreitada dos chupadores de sangue. Steve Niles, que comandou essa recente retomada dos quadrinhos norte-americanos de terror, aposta no ''mais do mesmo'' e mistura o drama pessoal de personagens carismáticos com violência. Os desenhos de Ben Templesmith, apesar de meio preguiçosos, destacam-se pela excelente pós-produção com efeitos computadorizados nas cores.



A CASTA DOS METABARÕES
O universo criado pelo roteirista e cineasta chileno Alejandro Jodorowsky e o ilustrador francês Moebius na série ''Incal'' é tão rico que originou uma série paralela tão querida quanto a original. ''A Casta dos Metabarões'', que chega ao terceiro tomo pela Devir Livraria, segue contando a formação dos guerreiros supremos conhecidos como Metabarões.


Nesse novo volume, os leitores vão acompanhar o combate entre Aghnar e seu filho, conhecido como Cabeça-de-Aço, um daqueles personagens durões que roubam a cena em qualquer história. Os Metabarões, uma mistura de samurais com gladiadores espaciais psíquicos, precisam ser tão frios que nem mesmo seus próprios pais podem ficar nos caminhos de suas jornadas.


É surpreendente acompanhar como Jodorowski preenche um cenário de fantasia e ficção científica com tantos detalhes. As influências de ''Duna'', de Frank Herbert, estão ali, entretanto, todos os diálogos, motivações e caracterizações do chileno são referência no que diz respeito a cyberpunk.


Bem verdade que a série, com tantos volumes, acaba repetindo fórmulas, porém, é por isso que a presença do ilustrador argentino Juan Gimenez é tão importante para a história. Seu trabalho impõe um certo frescor, suas imagens são bem construídas, cada quadro uma bela pintura, e o misto de ficção científica com fantasia medieval e erotismo de Moebius não poderia ter um sucessor melhor.



SERVIÇO
- ''Bad Boy'' tem 48 páginas coloridas no formato 20,5 x 27,5 cm e custa R$ 23.
- ''30 Dias de Noite: Retorno a Barrow'' tem 144 páginas coloridas no formato 16,5 x 24 cm e custa R$ 35.
- ''A Casta dos Metabarões - Tomo Três'' 128 páginas coloridas no formato 21 x 28 cm e custa R$ 49.


O material citado acima pode ser encontrado em Curitiba na Itiban Comic Shop (Av. Silva Jardim, 845). O telefone de lá é (41) 3232-5367.

A maior parte dos textos publicados nesta coluna foi publicada na Folha de Londrina, tanto na versão impressa quanto na virtual.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade