Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Mercado de luxo

Cresce varejo de joias durante e depois da pandemia

Isabella Alonso Panho - Especial para a Folha
16 mai 2022 às 10:16
Continua depois da publicidade

A pandemia da Covid-19 causou estragos em muitos setores da economia. Em dois anos de restrições sanitárias, a crise foi implacável. Alguns segmentos, no entanto, dão sinais que passaram incólumes a toda esta tempestade, como é o caso do setor de joias.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Sem a concorrência das viagens, as joalherias e até pequenos ourives registraram crescimento nas vendas de 20% em 2021, na comparação com o ano anterior, segundo dados do Segundo dados do IBGM (Institutos Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos).

Continua depois da publicidade


“A pandemia impactou no mercado de joias. Principalmente porque houve a queda no setor turístico. O mercado de luxo, de modo geral, ficou aquecido, em especial o setor joalheiro”, aponta Karine Sackser, diretora comercial do Grupo Bergerson, que inaugurou mês passado uma repaginação da loja da BigBen em Londrina.


O mesmo tipo de impacto foi percebido por estabelecimentos locais. “Para a gente, na pandemia, infelizmente – porque a pandemia não é boa em nenhuma circunstância – o nosso comércio melhorou. Houve uma nova perspectiva de trabalho para nós”, conta Elcio Batista, gerente da Joalheira 18 Quilates, empresa londrinense que atua há 23 anos no ramo e possui dois estabelecimentos na cidade.


Leia mais na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade