01/08/21
Censo 2012

Conab começa cadastramento de armazéns no Paraná

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) está fazendo, desde a última segunda-feira (2), o Censo dos Armazéns existentes no Paraná. O cadastro no estado paranaense é uma etapa do trabalho do censo, que também se estenderá por outros Estados do País. O objetivo é atualizar o Cadastro Nacional de Unidades Armazenadoras de todo o País.

No Paraná, a pesquisa vai do dia 2 de julho até o dia 5 de outubro, quando os técnicos da estatal visitarão unidades armazenadoras de produtos agrícolas das principais regiões produtoras do Estado. Nas demais unidades da federação, a previsão é de que seja concluído até o final do ano. No trabalho, os técnicos avaliam a localização, características técnico-operacionais, capacidade e importância das unidades para o desenvolvimento da produção agrícola.


"A atualização do cadastro poderá impactar em aumento da capacidade estática, importante instrumento de fortalecimento da política de formação de estoques estratégicos de alimentos", explica o Superintendente Regional da Conab no Estado do Paraná, Luiz Carlos Vissoci.

A Conab explica que o cadastramento é previsto na lei 9.973/2000 e Decreto 3.855/2001, e é obrigatório para todo o setor armazenador do País e é pré-requisito para a Certificação das Empresas de Armazéns Gerais.

Situação hoje no Brasil

Hoje os dados do Sistema Nacional de Cadastro de Unidades Armazenadoras (Sicarm) já estão disponibilizados na página da Empresa, onde podem ser consultadas informações sobre todos armazéns do País constantes deste Cadastro.

O Brasil tem hoje capacidade de estoque para 142,5 milhões de toneladas de produtos, sendo 82% na modalidade granel e 18% na modalidade convencional. A previsão da companhia é de que o Censo 2012 possa ampliar esse quadro.

Atualmente, a Conab registra no Paraná 3.571 armazéns, com capacidade estática para 27.792.838 toneladas, representando 19,5 % do total no país. O Paraná tem 80% da sua capacidade estática de armazenamento à granel e 20 % convencional, sendo que em número de armazéns 45 % são convencionais e 55 % são granéis.

O município com maior número de armazéns e maior capacidade estática é Paranaguá com 156 armazéns e 2.834.267 t, respectivamente. Serão cadastradas pessoas físicas ou jurídicas, públicas e privadas, na qualidade de proprietários, locatários, arrendatários ou cessionários e que possuem armazéns em ambiente natural. Após a vistoria, essas unidades serão declaradas aptas ou inaptas para as atividades de armazenagem.

"Para que a operação de cadastramento tenha sucesso é imprescindível o apoio dos Proprietários, Gerentes e Responsáveis Técnicos das unidades armazenadoras paranaenses, no sentido de prestarem informações precisas aos técnicos da Conab,", diz a Superintendente.
Maigue Gueths - Redação Bonde
Continue lendo
Bebidas

Bacardi compra Patrón Tequila por US$ 5 bilhões

23 JAN 2018 às 11h28
Lançamento na segunda-feira

Multinacional confirma unidade em Londrina

13 JAN 2018 às 15h39
Variações

Preço da gasolina diminui e do diesel sobe hoje nas refinarias

03 JAN 2018 às 08h55
Nas vésperas no Natal

Bom movimento nos shoppings; chuva atrapalha vendas no Centro

5
23 DEZ 2017 às 13h28
Novidade

Entram em vigor novas regras para divulgação de preços no e-commerce

23 DEZ 2017 às 13h11
Edições especiais da Nintendo

Videogames portáteis atraem gamers de todas as idades neste Natal

21 DEZ 2017 às 13h11
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados