Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Saiba como participar!

Encontro virtual gratuito sobre estresse e esgotamento mental abre inscrições

Redação Bonde com N.Com
15 set 2021 às 17:33
Continua depois da publicidade

Com a correria do cotidiano, é comum conhecer pessoas que se sentem ou já se sentiram extremamente cansadas. Mas, quando a sobrecarga aumenta, é provável que essas pessoas sofram esgotamento mental ou estafa mental. Para falar sobre isso e alertar as mulheres sobre os cuidados que são necessários para manter a saúde mental, a SMPM (Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres) realizará uma roda de conversa, nesta sexta-feira, 17, às 15h, pela internet.

Continua depois da publicidade


O encontro é gratuito e aberto às mulheres com 18 anos ou mais. Para se inscrever é preciso entrar em contato com a Secretaria da Mulher, pelo WhatsApp (43) 99945-0056. O link da sala do Google Meet, onde acontecerá a roda de conversa, será enviado posteriormente pelas servidoras da SMPM. A psicóloga Waldeciria Costa será mediadora dos debates. Ela é doutora em Psicologia Social, pela Universidade do Minho- Braga, situada em Portugal, e já realizou diversos trabalhos na área de psicologia organizacional, violência, gênero e imigração.

Continua depois da publicidade


O objetivo é falar sobre o estado emocional, que decorre de uma carga excessiva de trabalho e estresse nas tarefas do dia a dia. “Com a correria do dia a dia, estamos sujeitas a vários fatores de estresse, como as cobranças e prazos no trabalho, vida acadêmica atribulada, e sobrecarga de funções e responsabilidades relacionadas com a vida social e familiar. Tudo isso pode nos levar ao esgotamento mental. Precisamos falar sobre o assunto, para desenvolvermos estratégias que nos ajudem a reduzir os fatores de estresse”, disse a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes.


É frequente ver esse estado emocional (decorrente do excesso de atividades do cérebro) em pessoas altamente produtivas, que são capazes de se envolverem em vários projetos concomitantemente e obterem ótimos resultados em todos. O esgotamento mental resulta em bloqueio, ansiedade e estresse e os sintomas mais comuns são: cansaço extremo, irritabilidade, perda de memória, dificuldade extrema de concentração, sonolência.

Continua depois da publicidade


Segundo a psicóloga mediadora da roda de conversa, quando as pressões para a produção e realização de tarefas no ambiente de trabalho ou familiar aumentam, a ponto de parecer sufocante, decorre a estafa mental. “É diferente do cansaço físico e muito mais difícil vencer a estafa mental. Com a pandemia, aumentou a pressão, especialmente para as mulheres, que, ao passarem a trabalhar de forma remota, tiveram que juntar as exigências do trabalho com todas as tarefas domésticas, inclusive com o ensino remoto dos filhos, que estavam em casa devido às medidas de isolamento social”, explicou Costa.


Entre as medidas que podem ajudar as pessoas que estão sofrendo com a estafa mental está a melhoria no sono. “As pessoas não têm noção de como isso é importante. E para melhorar o sono é necessário criar rotinas, como dormir sempre no mesmo horário, não ingerir bebida alcoólica, que dá uma sensação de relaxamento, mas prejudica demais a qualidade do sono; seguir o básico para uma vida saudável, com atividade física e alimentação equilibrada; e outro fator muito importante é não se cobrar tanto”, ressaltou a psicóloga.


A diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas da SMPM, Lisnéia Rampazzo, lembrou que essa atividade vem ao encontro de diversas ações que a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres desenvolve em Londrina. “A Secretaria da Mulher tem essa preocupação de trazer temas relevantes, sempre pensando no bem-estar e na saúde das mulheres”, apontou.

Continue lendo