Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Acompanhe no YouTube!

Espetáculo de Artes Cênicas da UEL é selecionado para festival internacional

Redação Bonde com Agência UEL
31 ago 2021 às 17:19
Continua depois da publicidade

O espetáculo “Brazil: paraíso da tolerância” – duração de 50 minutos – produzido pelo curso de Artes Cênicas, do Ceca (Centro de Educação, Comunicação e Artes) da UEL (Universidade Estadual de Londrina) foi selecionado para o 32º Fitub (Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau). A montagem é uma das 12 apresentações que serão exibidas entre 14 e 23 de outubro, no canal da Furb TV (acesse aqui).

Continua depois da publicidade


Com foco em pesquisa artística universitária, o Festival recebeu a inscrição de 64 montagens de diversas instituições do país. “Ficamos muito felizes em poder representar a UEL num festival desses, onde estarão representantes de diversas universidades brasileiras”, conta a diretora da montagem, Laura Franchi, professora do Departamento de MUT (Música e Teatro) – Ceca.

Continua depois da publicidade


Esta é a segunda vez que uma produção da UEL é selecionada para o Festival, promovido desde 1987 pela Furb (Universidade Regional de Blumenau). A primeira foi em 2004, com o espetáculo “Num quarto vermelho”, dirigido pelo professor Aguinaldo de Souza, também do MUT.


Como diferencial, a peça selecionada nesta edição é apresentada ao vivo em ambiente virtual, com interação entre os sete atores – cada um em sua própria casa. Laura explica que é neste formato – ao invés de uma gravação – que “Brazil: paraíso da tolerância” será apresentada no 32º Fitub, com data ainda a ser divulgada.

Continua depois da publicidade


Espetáculo - A montagem aborda questões humanitárias sobre refúgio, migração e xenofobia, retratadas no novo contexto da pandemia, com a conexão entre os atores pela tela do computador e do celular. Segundo Laura Franchi, foi um ano e meio de pesquisa e de criação dramatúrgica até a estreia do espetáculo em junho de 2021.


A apresentação é dos recém-formados no curso de Artes Cênicas, Fabricio de Oliveira, Gabriel Goulart, Gabrielly Arcas, Gabriely Beccheri, João Pedro Rodarte, Maicom Neves, Matheus Mendes e Wilgner Alves, em parceria com o Coletivo Filhos da Pátria.


Também conta com participação especial do haitiano Marc Donald Jean Baptiste, estudante do Programa de Pós-graduação em Serviço Social e Política Social, que contribuiu para a construção da pesquisa. A direção do espetáculo é da professora Laura Franchi e Douglas Mesquita. 

Continue lendo