Pesquisar

Canais

Serviços

- Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Sem pressa

Senado vai discutir "homeschooling" em audiências públicas

27 mai 2022 às 08:45
Continua depois da publicidade

Definido como relator do projeto do homeschooling da Comissão de Educação do Senado, o senador Flávio Arns (Podemos-PR) quer aprofundar o debate antes de dar o seu parecer. Em entrevista à FOLHA, ele não adiantou se é contra ou a favor da proposta. "Queremos ouvir todos os envolvidos para chegar a uma reflexão profunda, por isso vamos convocar uma série de audiências públicas", disse. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


LEIA MAIS: Londrina: Vereadores trocam farpas e Câmara arquiva projeto de homeschooling

Continua depois da publicidade

Aprovação do 'homeschooling' é criticada por educadores


O requerimento deve ser votado na semana que vem na comissão. Arns citou que quer ouvir a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), o Consed (Conselho dos Secretários de Educação), o Ministério da Educação e famílias e entidades que defendem o ensino domiciliar. 


A reportagem procurou os outros dois senadores paranaenses. Oriovisto Guimarães (Podemos) disse pela assessoria de imprensa que o projeto "não deve prosperar" no Senado, mas preferiu não dar mais detalhes. Alvaro Dias (Podemos) não retornou o contato da entrevista. 

Continua depois da publicidade


Se depender da vontade do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o tema não será votado tão cedo no plenário. Ele avisou a base do presidente Jair Bolsonaro (PL) que o assunto não é prioridade.


Na Câmara Federal, o texto relatado pela deputada Luísa Canziani (PSD-PR) passou sem dificuldades. No entanto, o projeto que regulamenta o homeschooling traz algumas regras, como a obrigação dos pais terem formação superior e do aluno estar matriculado em uma escola, que fará o acompanhamento. 


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade