Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Não acredite nela

Regina Duarte publica fake news sobre vacina contra a Covid-19 para crianças

Folhapress
04 jan 2024 às 22:12
- Isac Nóbrega/PR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Regina Duarte usou as redes sociais nesta quinta-feira, dia 4, para criticar a decisão do Ministério da Saúde de incluir a imunização contra a Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação, para crianças entre os seis meses a menores de cinco anos.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

"Lamento muito sentir, logo no início deste Ano-Novo, que devo postar esta advertência. Nossas crianças não têm segurança, por parte dos laboratórios farmacêuticos, para serem submetidas a esta vacina contra a Covid", escreveu ela em seu Instagram.

Leia mais:

Imagem de destaque
Hablou!

Ronnie Von faz 80, diz se sentir com 25 e critica rumos atuais da indústria musical

Imagem de destaque
Veja vídeo:

Maya Massafera expõe voz após transição

Imagem de destaque
Gospel

Zezé Di Camargo diz que foi surpreendido com projeto solo do irmão Luciano

Imagem de destaque
1 ano após acidente

'Me sinto muito bem, estou voltando aos poucos', diz Kayky Brito sobre retorno às novelas


A informação é falsa, e a vacina da Pfizer que será aplicada nesta faixa etária foi desenvolvida especificamente para a área pediátrica. Todas as vacinas contra a Covid-19 aplicadas no Brasil têm autorização de uso pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), após terem demonstrado eficácia e segurança favoráveis em estudos clínicos de fase 3 amplos.

Publicidade


Os imunizantes passam por um rígido processo de avaliação de qualidade antes de serem distribuídos. A avaliação é realizada pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz, instituição responsável pela análise dos imunobiológicos adquiridos pelo SUS.


Duarte, ex-secretária especial da Cultura do governo Bolsonaro, no entanto, ignorou essas informações em suas redes sociais. No passado, ela chegou a ter publicações suas acompanhadas de alertas informando que poderiam se tratar de informações falsas.


"Você que é mãe, pai, avô, avó, irmão, tia... a advertência é que procurem se informar sobre a bula da vacina que está sendo proposta às crianças brasileiras. Pronto, falei", escreveu a atriz e, agora, artista plástica.

"Pelo amor de Deus, ainda esta história de Covid?! E ainda com vacina obrigatória? Não é temerário... na verdade, estupidamente temerário, agir assim?", disse numa outra publicação.


Imagem
Ministério Público Federal pede condenação de Júlio Cocielo por crime de racismo
O Ministério Público Federal pediu a condenação de Júlio Cocielo por racismo.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade