20/02/20
32º/19ºLONDRINA
Veja a programação!

Filme sobre a vida e a carreira de Hebe Camargo estreia nas telonas do Brasil

'Hebe - A Estrela do Brasil' estreia nesta quinta-feira (26) nas salas de cinema do País. O longa promete contar uma parte da história de Hebe Camargo que não foi divulgada. Entre censura, violência doméstica e alcoolismo, o público terá a chance de conhecer mais sobre uma das apresentadoras mais queridas da televisão brasileira.

Quem pensa na Hebe se lembra de cabelo loiro, "que gracinha", selinho no entrevistado e, claro, sofá. Só que existe muito mais dela. Nos anos de 1980, foi uma das mulheres que desafiou a censura que ainda existia no final do período militar enfrentado pelo Brasil. Aliás, foi desta forma que ela acabou no SBT.


Durante o período em que trabalhou na Bandeirantes, Hebe recebeu uma lista de coisas que não poderia fazer em seu programa que seria, de preferência, gravado. Mas, ela levou em seu palco Roberta Close, a primeira modelo trans a posar nua, e a apresentou como "Luiz Roberto Gambine, a mulher mais bonita do Brasil".

Depois de ser considerada uma "subversiva com um microfone na mão", Silvio Santos a convidou para despachar seu sofá branco nos estúdios do SBT. Ela só aceitou quando garantiram que seu programa seria ao vivo e não existira "lista do que não fazer".

Em sua casa, a situação chegou a ser violenta. Lélio, seu segundo marido, agrediu a apresentadora, que chegou a quebrar uma garrafa para se defender. Ele sentia um ciúme obsessivo, e possuía uma personalidade agressiva, quebrando televisões e móveis da casa.

Em meio a um turbilhão de emoções, Hebe desenvolve uma grande dependência pelo álcool. No trailer mesmo é possível observá-la segurando copos e taças em diversos momentos.

Outro ponto importante tocado no filme é o surgimento da Aids no Brasil. Através da história de amizade entre Hebe e seu cabeleireiro Carlucho, o longa mostra a apresentadora falando do assunto, que era um grande tabu no Brasil, durante seu programa ao vivo.

No papel principal, está Andréa Beltrão, que recebeu diversos elogios pela sua interpretação. De acordo com a atriz, ela estudou por dois anos as características de Hebe. Como Silvio Santos está Daniel Boaventura. Lélio é vivido por Marco Ricca.

A produção do filme conta com o sobrinho da apresentadora, Claudio Pessuti. Na direção, Maurício Farias, que já esteve no comando da série 'A Grande Família'.

Hebe morreu em 2012 após uma parada cardiorrespiratória.

Leia a sinopse para se preparar:

Hebe Camargo (Andréa Beltrão) se consagrou como uma das apresentadoras mais emblemáticas da televisão brasileira. Sua carreira passou por diversas mudanças ao longo dos anos, mas foi durante a década de 80, no período de transição da ditadura para a democracia, que Hebe, ao 60 anos, tomou uma decisão importante. A apresentadora passou a controlar a própria carreira e, independentemente das críticas machistas, do marido ciumento e dos chefes poderosos, se revelou para o público como uma mulher extraordinária, capaz de superar qualquer crise pessoal ou profissional.

Assista ao trailer:



'Ad Astra - Rumo às Estrelas'

Tem estreia internacional também, é com nome de peso como personagem principal. Brad Pitt interpreta Roy McBride, engenheiro espacial, em um filme de ficção científica: 'Ad Astra - Rumo às Estrelas'.

No longa, os humanos já conseguiram povoar a Lua e Marte. Agora, querem chegar até Netuno. Roy é escalado para a missão porque uma das últimas pessoas a pisarem naquele planeta foi seu pai. O engenheiro recebe a oportunidade de ir à procura dele e, quem sabe, descobrir se ele ainda está vivo.

Entretanto, o drama familiar aparece. Seu pai nunca foi encontrado porque acredita-se que morreu em uma série de explosões em Netuno. Não se sabe se ele teve ou não motivação para causar todas aquelas explosões, já que foi descoberto que fazia pesquisas com um material que colocaria toda a vida em perigo.

A saúde mental aparece novamente como tema em filmes em que astronautas estão percorrendo o espaço. Assim como em 'Marte', que retrata a solidão, pontos são levantados sobre até que ponto o ser humano pode chegar.

Na direção está James Gray, responsável por filmes como 'Os Donos da Noite' e 'Era Uma Vez em Nova York'. O elenco também conta com Tommy Lee Jones, como Clifford McBride.

Sinopse:

Roy McBride (Brad Pitt) é um engenheiro espacial que decide empreender a maior jornada de sua vida: viajar para o espaço, cruzar a galáxia e tentar descobrir o que aconteceu com seu pai, um astronauta que se perdeu há vinte anos no caminho para Netuno.

Trailer:



Gostou das opções? Não deixe de conferir a programação completa dos horários dos cinemas de Londrina que o Bonde preparou!
Bruna Melo - Estagiária*
comentários
Continue lendo
Aos 83 anos

Morre o cineasta José Mojica Marins, o Zé do Caixão

No Canal Brasil

Londrinense atuará com Zé do Caixão em seriado

Mário Bortolotto contracenará com o mestre do terror na série 'Somos 1 Só', no episódio que falará sobre a relação do homem com a sua espiritualidade

Veja mais e a capa do canal