Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Tecnologia

Tecnologia 5G da Tim chega a 47 bairros de Londrina em julho

Jéssica Sabbadini - Especial para a Folha
27 jul 2023 às 10:37
- Sérgio Ranalli/Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A operadora de telefonia móvel TIM começou a oferecer neste mês de julho a tecnologia 5G para usuários de 47 bairros de Londrina. Com velocidade upload e download até 100 vezes mais rápida que o 4G e latência próxima a zero, a TIM é a terceira operadora a oferecer a quinta geração de conexão móvel na cidade, já que a Claro e a Vivo estão ofertando a tecnologia desde o início do ano. No Paraná, Londrina é a primeira cidade do interior a receber o 5G da TIM.


Em visita à FOLHA, Christian Krieger, diretor comercial da TIM na Região Sul, explicou que a transição do 4G para o 5G é um marco na tecnologia porque traz melhorias na velocidade de navegação e na latência, que é o tempo de resposta a um comando. Segundo ele, no sinal da quinta geração de conexão móvel, a velocidade de download e de upload chega a ser 100 vezes mais rápida que a versão anterior. Já a latência fica em torno de 4 milissegundos, ou seja, esse é o tempo que o usuário terá que esperar pela resposta após clicar em um site, por exemplo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em Londrina, os bairros que agora estão com a cobertura 5G são: Aeroporto, Jamaica, Alpes, Leonor, Antares, Lindóia, Bandeirantes, Lon Rita, Bela Suíça, Londrina, Brasília, Ouro Verde, Cafezal, Pacaembu, Califórnia, Palhano, Centro Histórico, Parigot de Souza, Champagnat, Parque das Indústrias, Cilo III, Petrópolis, Cidade Industrial I, Piza, Cidade Industrial II, Presidente, Coliseu, Quebec, Esperança, Saltinho, Fraternidade, Shangri-Lá, Guanabara, Tucanos, H.U., Universidade, Higienópolis, Vila Brasil, Ideal, Vila Casoni, Indústrias Leves, Vila Nova, Inglaterra, Vila Recreio, Interlagos, Vivendas do Arvoredo e Ipiranga. De acordo com Krieger, a cobertura vai abranger 75% de todos os bairros da cidade de forma parcial ou total.

Leia mais:

Imagem de destaque
Recém chegado no Brasil

Temu se torna o aplicativo de compras mais baixado do Brasil

Imagem de destaque
Publicidade enganosa

Netflix é multada em R$ 11 mi pelo Procon de Minas Gerais por cláusulas abusivas

Imagem de destaque
Entenda

Meta começa a retirar acesso à ferramenta de IA do WhatsApp após decisão de autoridade de dados

Imagem de destaque
Redes sociais

Lula diz que big techs lucram com disseminação do ódio e que vai retomar debate sobre regulação


Para usar a conexão 5G, o usuário precisa apenas ter um aparelho celular compatível com a tecnologia e não é necessário trocar o chip ou o pacote de dados. Além disso, ao chegar em uma região com cobertura 5G, o aparelho vai automaticamente mudar para o sinal sem que o usuário precise fazer alguma alteração.

Publicidade


O diretor detalhou que as pessoas que costumam usar aplicativos de jogos no celular vão sentir a melhora enquanto estiverem competindo com algum adversário que usa o 4G, já que o tempo de latência é menor, o que pode ajudar a ganhar a disputa ou o jogo. Ele ressaltou também que em eventos que reúnem muitas pessoas em um mesmo local, como a ExpoLondrina, a conexão fica mais lenta porque as torres de transmissão limitam o número de usuários simultâneos. “Quando eu coloco o 5G ele não tem mais esse limite de pessoas e vai trafegar independente da quantidade, então você vai estar na Expolondrina enviando vídeos ou fazendo chamadas de vídeo sem nenhum problema”, afirma. Krieger também detalhou que, ao mesmo tempo em que as pessoas com aparelho compatível à tecnologia vão aproveitar o 5G, a experiência também fica melhor para quem ainda está no 4G.


Ainda sem prazo definido para chegar aos demais bairros de Londrina ou para estender a cobertura 5G para outras cidades da região, o diretor detalhou que, segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a obrigação da operadora era ofertar a tecnologia apenas em julho de 2025 em Londrina, de acordo com o número de habitantes. Até 2028, o sinal da quinta geração de conexão móvel deve chegar a cidades com mais 30 mil habitantes.


LEIA MAIS NA FOLHA DE LONDRINA.


Imagem
Tecnologia 5G da Tim chega a 47 bairros de Londrina
Operadora é a terceira a oferecer o sinal de conexão móvel mais moderno e rápido
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade