05/12/20
PUBLICIDADE
Reformulação

Globo quer vender gravadora Som Livre, terceira maior do país

Reprodução
Reprodução


A Globo iniciou um processo de venda da Som Livre, uma das maiores gravadoras do Brasil, que pertence à empresa. A informação foi revelada pelo Valor Econômico e confirmada em comunicado.


A decisão faz parte de um processo de transformação da Globo, que está cada vez mais orientada ao modelo D2C (direct to consumer). Segundo o comunicado, a empresa "tem feito uma revisão detalhada do valor estratégico de seus ativos, com foco nos negócios que mais atendem à sua estratégia principal".

"A Som Livre é um negócio extremamente sólido e rentável. Há dez anos, fez uma grande e bem sucedida mudança em seu modelo de negócios, migrando seus investimentos para a gestão de talentos, e transformou sua marca numa grande potência do seu segmento, com atuação em várias plataformas", diz Jorge Nóbrega, presidente executivo da Globo, no comunicado.

A decisão de vender a Som Livre está relacionada ao processo de unificação das plataformas de mídia da empresa, o Uma Só Globo. TV Globo, Globosat, Globo.com e DGCORP (Diretoria de Gestão Corporativa) devem ser unidos em um único CNPJ.

A Som Livre foi criada em 1969 pela Globo com o objetivo de produzir e colocar à venda as trilhas das novelas do canal. Ao longo dos anos, a gravadora também lançou coletâneas e discos originais de nomes como Tim Maia, Rita Lee, Lulu Santos, Barão Vermelho, Cazuza, Luiz Melodia, Gal Costa, Jorge Ben Jor, Elis Regina, Djavan e Novos Baianos, entre muitos outros.

Atualmente, a Som Livre é a terceira maior gravadora em operação no Brasil, incluindo as multinacionais, Warner e Universal. Estão hoje no catálogo da Som Livre alguns dos artistas mais ouvidos do país, como Wesley Safadão, Zé Neto e Cristiano, Xand Avião, Thiaguinho, Marília Mendonça e Luan Santana, entre outros.

"O Brasil é um mercado onde a música local representa quase 70% do consumo total. A Som Livre, com foco integral na música brasileira, cresceu por mais de dez anos seguidos numa velocidade maior que a do mercado. Ter chegado à posição de terceira maior gravadora do Brasil apenas com conteúdo brasileiro nos enche de orgulho", diz Marcelo Soares, diretor-geral da Som Livre, também no comunicado.
Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Vem saber mais!

Michel Teló lança 'Para Ouvir no Fone', álbum com sete músicas inéditas

04 DEZ 2020 às 20h13
Entenda!

'Nunca quis ser vista como assediada', diz Dani Calabresa

04 DEZ 2020 às 19h52
Especial Transmídia GO

Você foi convidado para o game caça ao tesouro 86 anos de Londrina

04 DEZ 2020 às 16h18
Saiba mais

Porta dos Fundos muda vídeo após empresário se incomodar com nome de personagem

04 DEZ 2020 às 15h54
Confira!

Shawn Mendes diz que lançamento 'Wonder' o ensinou a liberdade e como se render à arte

04 DEZ 2020 às 15h30
Corajosa

Danilo Gentili diz que Melhem é 'esquerdomacho' e elogia Dani Calabresa

04 DEZ 2020 às 11h48
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados