Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Instagram
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Sem data de estreia

Versão animada de 'Todo Mundo Odeia o Chris' terá produtor de 'Central Park'

Folhapress
27 jul 2021 às 15:24
Continua depois da publicidade

A série de animação de "Todo Mundo Odeia o Chris" (2005) terá como roteirista e produtor executivo Sanjay Shah, showrunner de "Central Park" uma produção do Apple TV+, segundo o Deadline. O anúncio da versão animada do sucesso dos anos 2000 foi feita em março, pela CBS Studios.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Shah foi produtor executivo e showrunner das duas primeiras temporadas da série musical do Apple TV+. Ele também atuou como produtor em outros títulos como "Fresh Off The Boat" e "O Rei do Pedaço". O roteirista também é consultor em projetos de longa-metragem e streaming da Pixar.

Continua depois da publicidade


Ainda não foram divulgados outros detalhes sobre a animação, como previsão de estreia. Também segundo o Deadline, a CBS Studios já iniciou o desenvolvimento do projeto, e o cocriador Chris Rock, 56, cuja adolescência inspirou a sitcom, deve ser o narrador.


Além disso, não há detalhes sobre a trama ou a equipe de criação. Desde 2018 havia a ideia de resgatar a comédia, pois o ator Tyler James Williams, 28, que interpretou Chris, disse que estaria interessado em um 'reboot'.

Continua depois da publicidade


A série foi exibida originalmente entre os anos de 2005 e 2009, e conta a juventude do comediante Chris Rock. No Brasil, foi exibido na TV aberta pela Record. O seriado fez muito sucesso no Brasil e trouxe, com humor, os problemas enfrentados por Chris.


Em 2019 o artista brasileiro Rafael Gandine já havia imaginado como seria a série de comédia em animação. A arte final gerou interesse no elenco da sitcom, que compartilhou o resultado de Gandine e pediu que isso se tornasse real. Porém, ainda não é certo se isso motivou a animação.


Com o 'reboot', a CBS Studios pretende aumentar seu catálogo de séries animadas derivadas de seus programas 'live-action', como é o caso de "Star Trek" (1966), por exemplo. A produtora conta atualmente com mais de 70 séries em produção.


Ela também tem a série mais assistida em todas as principais plataformas que estavam na antiga CBS Corp.: "NCIS" na CBS, "Walker" na CW, "Your Honor" na Showtime e "Star Trek: Picard" na CBS All Access, este último sendo seu único fornecedor.


Após a junção da CBS-Viacom, CBS All Access virou parte do streaming Paramount +, lançado no início deste mês junto da CBS Studios, contando com Paramount TV Studios, MTV Studios e Nickelodeon Studios como fornecedores.

"Eles ainda são uma válvula de escape incrivelmente importante para nós e pretendemos ser o maior fornecedor deles", disse o presidente da CBS Studios David Stapf. A Paramount + estará na disputa pelos dois projetos de alto nível que a CBS Studios está prestes a lançar.


Continue lendo