Pesquisar

Canais

Serviços

Saiba mais

Antony é afastado pelo Manchester United após acusações de violência doméstica

- Divulgação/Manchester United
Folhapress
10 set 2023 às 18:20
Publicidade
Publicidade

O atacante Antony e o Manchester United anunciaram neste domingo (10) que o jogador está afastado das atividades no clube para lidar com as acusações de agressões de sua ex-namorada, Gabriela Cavallin.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Jogadores que não serviram as suas seleções durante a data Fifa deveriam retornar ao time inglês nesta segunda-feira (11). Porém, ficou acertado que o brasileiro não voltará ao CT até "novo aviso".

Leia mais:

Imagem de destaque
Recebe o Maringá domingo

Londrina EC comemora semana livre após encaminhar classificação no Paranaense

Imagem de destaque
Paulista

Rômulo brilha, Novorizontino vence Santos na Vila e pressiona São Paulo

Imagem de destaque
Paranaense

Londrina EC desencanta com goleada no Café e entra no G8

Imagem de destaque
Dez dias

Técnico Dorival Jr. vai à Europa ver jogadores antes de 1ª lista


Antony havia sido convocado por Fernando Diniz para os jogos contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, porém foi cortado da lista quando detalhes da acusação de sua ex-namorada foram divulgados na última segunda-feira (4).

Publicidade


"Como clube, condenamos atos de violência e abuso. Reconhecemos a importância de salvaguardar todos os envolvidos nessa situação e reconhecemos o impacto que essas alegações têm sobre os sobreviventes de abusos", informou a equipe inglesa em nota.


"O Manchester United reconhece as acusações feitas contra Antony. Os jogadores que não participaram de partidas internacionais voltam aos treinos na segunda-feira. No entanto, foi acordado com Antony que ele adiará o seu retorno até novo aviso, a fim de responder às acusações."

Publicidade


O brasileiro disse concordar com a decisão de seu clube e que está cooperando com as investigações. Ele também afirmou que foi uma decisão mútua para evitar distrações aos seus companheiros e polêmicas desnecessárias para o clube.


"Eu concordei com o Manchester United em tirar um período de ausência enquanto abordo as acusações feitas contra mim. Quero reiterar a minha inocência em relação às coisas de que fui acusado e cooperarei plenamente com a polícia."


Na última sexta-feira (8), outras duas mulheres acusaram Antony de agressão, em casos que teriam acontecido em maio de 2022, em São Paulo, e em outubro do mesmo ano, em Manchester, na Inglaterra.

O jogador também nega as agressões e afirma ser vítima de falsas acusações.


Imagem
Com recorde de Neymar, seleção de Diniz estreia com goleada contra a Bolívia
Na primeira partida sob o comando de Fernando Diniz, 49, a seleção brasileira derrotou a Bolívia por 5 a 1 nesta sexta-fei
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade