Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Bem sucedida

Após cirurgia, Lucas pode voltar a jogar em três meses

LANCEPRESS
18 jul 2013 às 14:07
Publicidade
Publicidade

Depois de fraturar o tornozelo esquerdo após uma entrada do meia Zé Roberto no domingo passado, durante a partida entre Grêmio e Botafogo, o lateral-direito Lucas passou por uma cirurgia bem sucedida na noite da última quarta-feira e pode retornar aos campos em aproximadamente três meses. Quem deu a estimativa foi Rodrigo Kaz, ortopedista do clube, e que participou da intervenção cirúrgica.

- Lucas sofreu um trauma no tornozelo com uma fratura na fíbula. Além disso, teve uma lesão ligamentar que geralmente vem associada, mas não foi nada grave. A cirurgia foi feita com sucesso e realizamos a fixação interna. Não tenho como prever a data certa de retorno, mas a estimativa é de que em três meses ele esteja pronto para treinar com bola e jogar - afirmou o médico, que também ressaltou a disciplina do jogador em relação a problemas físicos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


O camisa 2 do Botafogo ficará de cinco a seis semanas sem colocar o pé no chão. Assim que estiver liberado para pisar com o local fraturado, dará início a preparação física para retornar aos gramados. Entretanto, já começará a frequentar as dependências internas do Botafogo na próxima semana. De acordo com Kaz, a equipe médica do Glorioso tem como rotina começar a reabilitação de lesionados de maneira precoce.

Leia mais:

Imagem de destaque
Decadência

Seleção amplia fiascos dentro e fora de campo e deixa de ser protagonista

Imagem de destaque
Confira os gols:

Estêvão desequilibra, Palmeiras vence o Bahia e cola no líder Flamengo

Imagem de destaque
Entenda

Flamengo e Palmeiras negociam troca entre Gabigol e Dudu

Imagem de destaque
Veja os gols:

Cruzeiro atropela, encosta no G6 e afunda Corinthians no Z4

Além de Lucas, o técnico Oswaldo de Oliveira também não poderá contar com o meia Octávio pelos próximos três meses. Ele sofreu uma fratura no punho, no osso escafoide, e também passou por uma cirurgia que fixou o local onde ocorreu o trauma.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade