Pesquisar

Canais

Serviços

Quem leva?

Brasileirão não tem campeão inédito há mais de 20 anos; veja candidatos

Marinho Saldanha - UOL/Folhapress
18 abr 2024 às 17:00
- Lucas Figueiredo/CBF
Publicidade
Publicidade

O Bayer Leverkusen foi campeão alemão pela primeira vez no último domingo, quebrando uma sequência de 11 conquistas do Bayern de Munique. No Brasil, um campeão inédito não surge desde 2001 e, neste ano, sete equipes são candidatas ao posto.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A conquista da Bundesliga pelo Leverkusen aconteceu com cinco rodadas de antecipação. Foi seu primeiro título no campeonato em quase 120 anos de história.

Leia mais:

Imagem de destaque
Veja a nota do atacante

Gabigol é multado e perde a 10 do Fla após foto com camisa do Corinthians

Imagem de destaque
Sedes

Veja os estádios que receberão jogos da Copa do Mundo feminina 2027

Imagem de destaque
Entenda

Reformulação no Palmeiras contará com reforço de peso e zagueiro talentoso

Imagem de destaque
De acordo

São Paulo: Lucas revela conversa com Zubeldía e onde vai jogar com técnico


No Brasil, a última vez que um campeão inédito surgiu foi em 2001, quando Athletico Paranaense conquistou o campeonato ao bater o São Caetano na final. Há 23 anos, ainda antes do início da era dos pontos corridos.

Publicidade


No formato atual de disputa, que começou em 2003, já ergueram a taça: Santos, Cruzeiro (3), Corinthians (4), São Paulo (3), Flamengo (3), Fluminense (2), Palmeiras (4) e Atlético-MG. Todos eles já tinham sido campeões antes.
        

QUEM SÃO OS CANDIDATOS


Sete equipes estão aptas a se tornarem campeões do Brasileiro pela primeira vez nesta edição do torneio. Ainda que nenhuma delas pinte como favorita logo de cara.


Fortaleza, Red Bull Bragantino, Juventude, Criciúma, Atlético-GO, Vitória e Cuiabá nunca foram campeões do principal torneio de clubes do país. Todos os demais disputantes já conquistaram a taça ao menos uma vez.


Imagem
Pela primeira vez na história olímpica, Brasil deve ter delegação com maioria feminina
o Brasil deverá ter em Paris, pela primeira vez, uma delegação com maioria feminina.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade