Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Atuação nos anos 80

Corinthians lamenta morte de ex-goleiro César

UOL/Folhapress
21 jun 2024 às 17:39
- Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Publicidade
Publicidade

O Corinthians lamentou a morte do ex-goleiro César (69), vítima de uma infecção generalizada. O clube destacou a passagem do arqueiro nos anos 80 e se solidarizou com familiares.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Botafogo x Palmeiras

Bonecos de Leila e do presidente da CBF enforcados são colocados no entorno do Nilton Santos

Imagem de destaque
Na Arena MRV

Atlético-MG exclui sócio acusado de racismo em jogo contra o Flamengo

Imagem de destaque
Dívida

Corinthians aciona o Vasco na CBF para cobrar R$ 9 milhões por Piton

Imagem de destaque
Confira o gol:

Botafogo vence, frustra estreias no Palmeiras e se isola na liderança

O ex-jogador atuou pelo clube alvinegro no início da década de 1980, mais precisamente em 1981 e 1982, e fez 58 jogos (56 oficiais) com a camisa do Coringão. Atuou ao lado de grandes ídolos da nossa história, como Sócrates, Zenon, Wladimir, entre outros e foi comandado por Osvaldo Brandão. Corinthians, em nota oficial: "O Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente o falecimento e se solidariza à família e amigos nesse momento de luto."

Publicidade


O que aconteceu 
César estava internado desde o dia 8 de junho, devido a uma parada cardíaca. Inicialmente, ele foi a UPA do Francês e imediatamente foi transferido para o HGE.


O ex-jogador enfrentava dificuldades após enchentes no Alagoas e chegou a pedir ajuda ao Corinthians: "É uma força para eu ter uma oportunidade para continuar vivo, continuar na luta, porque eu me considero um cara guerreiro. A gente fica sem teto, sem chão, sem saber por onde começar. Estou precisando de uma força para eu ganhar uma nova vida, para eu poder trabalhar com as minhas pernas e parar de incomodar com essas coisas que acontecessem", disse ao UOL em 2022.


César fez 58 jogos pelo Corinthians (56 oficiais) e atuou ao lado de Sócrates, Zenon, Casagrande, Wladimir, Biro-Biro, Zé Maria e Paulo César Caju. O então goleiro foi comandando por Osvaldo Brandão. O alagoano também teve passagens por Juventus, CRB, Flamengo-PI e ASA.


Imagem
Saúde vai mudar emissão de atestados médicos para evitar fraudes em Londrina
A partir de 1º de julho os atestados médicos fornecidos pelas unidades municipais de saúde de Londrina, como UBS (Unidades Básicas de Saúde) e UPA (Unidades de Pronto Atendimento), serão impressos de forma eletrônica diretamente do prontuário do paciente.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade