Pesquisar

Canais

Serviços

Sul-Americana

Corinthians volta a jogar nesta terça e finalmente deve ter 'a cara do técnico'

UOL/Folhapress
01 abr 2024 às 17:00
- Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Publicidade
Publicidade

O Corinthians encerra nesta segunda-feira (1) um período de 18 dias de treinamentos, maior do que a pré-temporada. O trabalho da comissão técnica teve como objetivo aumentar a confiança e "dar a cara" do treinador ao time.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Morelos

Santos pode usar caso de Lucas Lima para negociar jogador de maior salário

Imagem de destaque
Segredo secreto

Esposa de Carlinhos soube de acerto do marido com Flamengo por Instagram

Imagem de destaque
Acusado de abusos

Atletas protestam contra técnico do Santos em rodada do Brasileiro

Imagem de destaque
Chamado de burro

Yuri Alberto desabafa sobre episódio com Mano Menezes no Corinthians

O elenco corintiano realiza nesta manhã o último treino antes do retorno oficial aos gramados. Os jogadores trabalharam inclusive no domingo de Páscoa, realizando os ajustes finais para retomada da temporada.

Publicidade


À tarde, a delegação alvinegra viaja ao Uruguai para o jogo de terça (2), contra o Racing. O clube do Parque São Jorge vai estrear o Grupo F da Sul-Americana, e a bola rola às 21h30 (de Brasília).


António Oliveira teve mais de duas semanas livres para preparar a equipe. A comissão técnica pôde implementar seu estilo de jogo sem pressa e recuperar o "tempo perdido", já que assumiram na metade do Paulistão, com jogos a cada três ou quatro dias.

Publicidade


Até a preparação física foi mudada para que os jogadores se enquadrem na ideia da comissão. O auxiliar técnico Bernardo Franco contou que o trabalho visava 'elevar os níveis de força física do elenco'.


"Existe uma estrutura que trago comigo, trabalhada dentro de padrões comportamentais com e sem bola. O que essa equipe faz é competir, correr e trabalhar mais que o adversário. Prazer e orgulho enorme poder trabalhar no CT e ver essa vontade com que querem evoluir, mesmo aqueles que têm uma história tão grande. É um longo caminho que ainda temos que traçar", disse António Oliveira, na entrevista coletiva do último jogo oficial.

Publicidade


O treinador português se empenhou em aumentar o entrosamento e a confiança dos atletas. Foi realizado inclusive uma espécie de "imersão", com direito a concentração no CT, para dar mais liga ao elenco — dentro e fora dos gramados.


Parte disso está em dar sequência ao time em campo, que se tornou a principal novidade desse período. António valoriza a repetição e, após dar oportunidades e fazer testes, definiu as bases que vem mantendo no time titular.

Publicidade


"Evidente que ausência de competição tira algumas coisas, mas podemos ganhar outras e aproveitar da melhor maneira esses dias. Nos conhecer melhor, criar compromisso comum entre todos, estou a adorar conviver com eles", disse António Oliveira, após o amistoso contra o Londrina.


O que o técnico já fez no time

Publicidade


António Oliveira mexeu na defesa e no ataque até encontrar o esquema ideal. Ele recuperou Hugo na lateral esquerda após testar Caetano, firmou Gustavo Henrique na zaga como dupla de Félix Torres (além de ter testado Cacá e montou o sistema defensivo com Pedro Raul e Yuri Alberto juntos -com o reforço centralizado, o camisa 9 foi alocado para a ponta direita.


Ele também promoveu a entrada de Breno Bidon na vaga do lesionado Maycon. Destaque da Copinha, o jogador de 19 anos encaixou no meio de campo com Raniele e Rodrigo Garro e vem aproveitando as chances no onze inicial.


O Corinthians ainda ganhou o "reforço" de Romero como centroavante e a volta de Paulinho. O treinador pediu para o atacante paraguaio mudar sua função na frente, que comprou a ideia e já foi decisivo no amistoso contra o Londrina, marcando dois gols. O experiente volante, por sua vez, está recuperado da lesão no joelho e é opção no banco.


O Corinthians chega para a partida com algumas incertezas no DM, que fazem o time titular ter ainda mais sequência. O meia-atacante Igor Coronado é dúvida após ter contraído dengue, enquanto Maycon e Diego Palacios seguem se recuperando. Já Gabriel Moscardo e Ruan Oliveira ainda estão longe de retornarem.


Imagem
Corinthians não encanta, mas volta de amistoso com seis pontos positivos
O Corinthians volta do amistoso contra o Londrina com aspectos positivos na bagagem, mesmo com uma atuação pouco inspirada no Paraná ofuscada pelos gols na reta final.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade