Pesquisar

Canais

Serviços

Coxa vence Cruzeiro de virada por 3 a 2

Redação - Folha do Paraná
19 ago 2001 às 19:24
Publicidade
Publicidade

Em dezesseis minutos de bom futebol no segundo tempo, o Coritiba virou o placar e venceu o Cruzeiro por 3 a 2 ontem à tarde no Couto Pereira, em Curitiba, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória marcou a reabilitação no campeonato depois de duas derrotas seguidas (para Santos e Portuguesa) e a quebra de um tabu de 15 anos sem vencer a equipe mineira pelo Brasileiro.
Para derrotar o poderoso Cruzeiro de Edmundo, Rincon, Alex e do técnico Ivo Wortmann, que trocou repentinamente o próprio Coritiba pelo time mineiro e foi chamado de mercenário pelos torcedores, recebendo inclusive uma "chuva" de moedas, o Coxa contou mais uma vez com a inspiração de Evair. Ele entrou na metade do primeiro tempo e deu mais qualidade à equipe, participando diretamente de dois gols. Edmilson, autor de dois gols, também foi um dos destaques.
O jogo começou igual. As duas equipes procuravam o gol, mas sem muita qualidade. A partir dos dez minutos, o Cruzeiro começou a tomar conta do jogo até abrir o placar, aos 19 minutos. Alex, cria do Coritiba e que estreava ontem, cobrou falta na entrada da área e fez 1 a 0.
O Coritiba ficou nervoso e, em vez de reagir, permitiu que o Cruzeiro crescesse mais na partida. O alviverde errava muitos passes no meio-de-campo e não conseguia chegar ao ataque. Aos 25 minutos, Evair entrou na equipe no lugar do zagueiro Alan, que saiu contundido. O jogador deu mais qualidade à equipe, cadenciou o jogo, chamou a responsabilidade e o Coritiba melhorou.
Sentindo a pressão do time da casa, o Cruzeiro recuou e se propôs a contra-atacar. O Coritiba tentava o gol pelos lados do campo, criando pelo menos três boas chances de empatar no primeiro tempo, mas sem sucesso.
A eficiência ofensiva do Coxa estava guardada para o segundo tempo. Logo aos 30 segundos, Edmilson ganhou do zagueiro Cris e na frente do goleiro André perdeu o gol. Dois minutos e meio depois, o empate aconteceu. Evair recebeu pela esquerda e tocou no meio da área para Edmilson, que rolou a bola para o gol.
A virada aconteceu aos sete minutos. O ala esquerdo Alemão fez boa jogada pela esquerda e cruzou na área. O atacante Rincon apareceu por trás da zaga e cabeceou para fazer 2 a 1. O Cruzeiro tentou ir para o "abafa", mas antes de começar a chegar perto do empate tomou o terceiro. Aos 16 minutos, Evair lançou para Edmilson. Ele entrou na área pelo lado direito e tocou na saída do goleiro para fazer 3 a 1.
A partir daí, o Coxa foi envolvido pela pressão do Cruzeiro, que criou algumas chances para marcar. Aos 19 minutos, por exemplo, Nenen acertou a trave direita de Marcelo Cruz. Aos 24 minutos o time mineiro diminuiu com João Carlos. Ele aproveitou cruzamento da esquerda e cabececou no canto esquerdo, fazendo 3 a 2. O Cruzeiro ainda tentou o empate, mas não conseguiu e ainda teve Edmundo expulso.

Ficha Técnica
Coritiba: 3
Marcelo Cruz; Alan (Evair) (Rafael), Maxsandro e Edinho Baiano; Cris, Juliano, Alemão, Reginaldo Nascimento e Messias; Edmilson e Rincon (Alexandre). Técnico: Ricardo Gomes
Cruzeiro: 2 Bosco (André), Nenen, Cris, João Carlos e Sorin; Marcus Vinicius, Ricardinho (Cléber Monteiro) (Sérgio Manoel), Rincon e Alex; Edmundo e Leonardo. Técnico: Ivo Wortmann

Cadastre-se em nossa newsletter

Árbitro: Paulo César de Oliveira
Estádio: Couto Pereira, em Curitiba
Gols: Alex (19 do 1º), Edmilson (3 do 2º), Rincon (7 do 2º), Edmilson (16 do 2º), João Carlos (24 do 2º)
Expulsão: Edmundo


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade