Pesquisar

Canais

Serviços

Paulistão

Ituano vence e 'fecha o caixão' dos times da capital eliminando o Palmeiras

LANCEPRESS
30 mar 2014 às 21:04
Publicidade
Publicidade

O Palmeiras está eliminado do Campeonato Paulista. Surpreendido pelas lesões de Alan Kardec e Fernando Prass, o Verdão não conseguiu se encontrar em campo, principalmente no segundo tempo, e viu o Ituano se impor e vencer por 1 a 0. Já aos 38 minutos, o meia Marcelinho, revelado pelo Corinthians, castigou a má atuação alviverde, decretou o fim da invencibilidade de 22 jogos do time da capital no Pacaembu e garantiu o Galo de Itu na final contra o Santos.

Sem Valdivia, Mendieta foi o escolhido para armar as jogadas de ataque, mas apareceu com brilho em apenas um lance. A falta de um homem de criação deixou os palmeirenses presos, sem movimentação. E a cada minuto a tensão da torcida aumentava. Tensão que se transformou em preocupação quando Alan Kardec levou 'paulistinha' do zagueiro Alemão e teve de ser substituído. Para piorar, Fernando Prass lesionou o tornozelo direito e quem entrou para o segundo tempo foi o goleiro Bruno.

Publicidade


A perda de dois dos principais jogadores deixou o time de Gilson Kleina desorientado. O Ituano de Doriva, por outro lado, cresceu em campo e passou a incomodar a defesa do Palmeiras com chutes de fora da área e jogadas em velocidade. Rafael Silva e Esquerdinha eram as armas mais perigosas. A solução de Kleina foi chamar Valdivia, longe de estar 100% fisicamente devido a inchaço no tornozelo. A mudança foi suficiente para trazer mais confiança ao time e à torcida, mas não evitou o desastre no Pacaembu.

Leia mais:

Imagem de destaque
Dois gols anulados

Com VAR protagonista, Santos vence São Paulo em clássico polêmico

Imagem de destaque
Possível mudança

Goleiros ganham estatura, mas mudança na dimensão do gol é rechaçada por especialistas

Imagem de destaque
Carioca

De la Cruz é desfalque do Flamengo contra o Bangu para tratar dor no ombro

Imagem de destaque
Paranaense

Londrina empata nos acréscimos com Andraus e está fora do G8

Em contra-ataque do Ituano, Wellington não conseguiu afastar para longe e a bola ficou viva na entrada da área. Marcelinho chegou como elemento surpresa, sem nenhuma marcação e bateu com categoria e precisão para fazer o gol da história classificação. Na próxima quarta-feira, às 22h, o Palmeiras tentará se recuperar contra o Vilhena no Pacaembu, no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil. Na partida de ida, o Verdão venceu por 1 a 0 graças a gol de Leandro e só precisa de um empate ou uma derrota por um gol (desde que marque) para passar à segunda fase. Já as finais do Campeonato Paulista entre Santos e Ituano estão marcadas para os dois próximos domingos.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade