Pesquisar

Canais

Serviços

Ex-companheiro

Lulinha diz que Fagner sempre chegou muito firme e teme troco de jogadores

UOL/Folhapress
17 abr 2024 às 11:30
- Rodrigo Coca/Corinthians
Publicidade
Publicidade

Ex-, o atacante Lulinha afirmou que Fagner "sempre chegou muito firme" nas divididas em campo, mas destacou que "é tudo lance de jogo". O lateral alvinegro tem sido criticado pela entrada dura em Zaracho no jogo contra o Atlético-MG, pela primeira rodada do Brasileiro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"O Fagner, desde a base, sempre chegou muito firme. Nesta quarta-feira (17), acho que tem muito essa questão de pegar no pé dele por ter muitos lances, os lances mais fortes acabam sendo com ele. Às vezes o pessoal fala que ele passa um pouco do limite, mas é tudo lance de jogo", disse Lulinha, no programa MunDu Meneses, da ESPN.

Leia mais:

Imagem de destaque
Veja a nota do atacante

Gabigol é multado e perde a 10 do Fla após foto com camisa do Corinthians

Imagem de destaque
Sedes

Veja os estádios que receberão jogos da Copa do Mundo feminina 2027

Imagem de destaque
Entenda

Reformulação no Palmeiras contará com reforço de peso e zagueiro talentoso

Imagem de destaque
De acordo

São Paulo: Lucas revela conversa com Zubeldía e onde vai jogar com técnico


O QUE ACONTECEU

Publicidade


Lulinha teme que os adversários tentem "dar o troco" em Fagner: "Ele tem que tomar mais cuidado porque ele já está visto nessa situação de chegar muito forte. Então tomar cuidado porque vai chegar o momento que bate, bate, uma hora os caras vão pegar ele também. A gente sabe que, na bola, uma hora 'é o Fagner que está vindo, vou ter que vir firme também. Se ele vier por cima, tenho que ir mais por cima ainda'. Na bola é fogo".


O atacante destacou ainda que não vê "essa maldade toda" nas disputas envolvendo o lateral. Segundo ele, Fagner "chega firme porque quer ganhar uma disputa de bola".


Lulinha jogou no Corinthians entre 2007 e 2009. Ele foi campeão da Série B (2008), do Campeonato Paulista (2009) e da Copa do Brasil (2009).


Tanto Lulinha quanto Fagner foram relevados pelo Alvinegro. Eles, porém, não chegaram a jogar juntos pelo profissional, já que o lateral subiu para o profissional em 2006 e foi negociado no ano seguinte.


Imagem
António Oliveira vibra por defesa do Corinthians e faz desafio ao elenco
António Oliveira está muito satisfeito com o desempenho defensivo do Corinthians e agora quer partir para a "fase 2".
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade