Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Preocupação

Maradona passa mal e é internado

Redação Bonde
29 mar 2007 às 10:38
Publicidade
Publicidade

O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona foi internado às pressas, na noite de quarta-feira (28), numa clínica de Buenos Aires.

O boletim médico informou que a saúde do ex-craque "piorou nas últimas horas", depois de ele ter sofrido uma "descompensação que não está relacionada com drogas".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


No mesmo boletim, afirma-se que Maradona permanecerá internado no Sanatório Güemes (clínica médica), onde chegou de ambulância, até que sejam realizados novos exames médicos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Patético

Santos perde 4ª seguida, é ultrapassado pelo Operário-PR e afunda em crise

Imagem de destaque
Preparação

Vini Jr. volta ao visual antigo, e seleção treina com presença de famílias

Imagem de destaque
Elefantes brancos da Copa 2014

Estádios se reinventam e ganham vida 10 anos após a Copa de 2014

Imagem de destaque
Escalado

Dudu, do Palmeiras, comemora retorno ao Allianz Parque


A notícia sobre a nova internação do ex-jogador voltou a comover os argentinos. As principais emissoras de televisão do país, e algumas do exterior, montaram, em seguida, esquema de plantão e transmissões ao vivo na porta da clínica, no bairro de Palermo, a 20 minutos do centro de Buenos Aires. As informações são da BBC Brasil.

Publicidade


Imediatamente, a segurança foi reforçada na clínica, onde os fãs e a imprensa começaram a se aglomerar na porta à espera de mais informações.


Perigo de vida

Publicidade


Até o início da madrugada desta quinta-feira (29) existiam duas versões sobre onde Maradona se sentiu mal. A primeira de que estaria na casa dos pais, com os quais vivia até recentemente, na província de Buenos Aires. E a segunda que estaria no aeroporto internacional de Ezeiza, embarcando para a Suíça.


Um amigo de Maradona, Omar Suarez, disse ao site argentino "Infobae" que o ex-craque já vinha se sentindo mal há alguns dias. "Existiu a possibilidade de que ele fosse internado na semana passada. Mas isso não aconteceu e agora devem aproveitar para tentar fazê-lo baixar de peso", afirmou.

Publicidade


No fim da noite de quarta-feira, o médico particular do ex-jogador, Alfredo Cahe, disse que ele não corria perigo de vida.


Há poucos dias, Cahe afirmou que estava preocupado com a saúde do ex-jogador, pelo seu excesso de peso e do uso de charutos. E garantiu, em diferentes entrevistas, que Maradona não era mais dependente de drogas.

Há quase três anos, em abril de 2004, o ex-craque foi internado, entre a vida e a morte, em outra clínica do mesmo bairro de Palermo. Após alguns meses, que incluiram rede de orações de seus fãs, na porta do hospital, Maradona teve alta e mudou de vida.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade