Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
EUA

O que pesou para a seleção ficar em Orlando ao invés de ir para Los Angeles

Eder Traskini - UOL/Folhapress
15 jun 2024 às 15:00
- Rafael Ribeiro/CBF
Publicidade
Publicidade

A seleção brasileira jogou seu último amistoso antes Copa América na última quarta-feira (12), estreia na competição em Los Angeles, mas vai concluir a preparação para o torneio em Orlando.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Veja o gol

Paraná ganha do Rio Branco e sai na frente pelo título da Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense

Imagem de destaque
Seis do Real e 2 do Barça

Vini Jr, Mbappé e Lewandowski, veja o ranking dos mais bem pagos da La Liga

Imagem de destaque
Após vitória

Gabigol diz que Flamengo não agiu de boa maneira e deixa futuro em aberto

Imagem de destaque
Confira os gols:

Palmeiras vence com polêmica, Weverton herói e não deixa o líder disparar

Assim como o Brasileirão, a MLS não será paralisada para a Copa América e as principais estruturas da Los Angeles estarão ocupadas. A seleção avaliou viajar para a cidade da estreia, mas não conseguiu encontrar um local considerado ideal para treinamentos como tem em Orlando.

Publicidade


Na cidade, o Brasil treina no ESPN Wide World of Sports Complex, que possui mais de 30 campos distribuídos entre futebol, beisebol e outros esportes. A seleção sempre utiliza dois campos para os treinamentos por dois motivos: o aquecimento costuma 'machucar' o gramado e frequentemente Dorival divide o grupo nos treinamentos entre os campos, sejam titulares e reservas ou defensores e atacantes. Outros espaços estudados pela CBF não possuíam a mesma estrutura.


O hotel onde a seleção está hospedada tem sido alvo de elogios dos jogadores e foi meticulosamente escolhido pela CBF. O Four Seasons hospedou o Real Madrid no ano passado quando o time esteve na cidade para a disputa da FC Series contra a Juventus (ITA). Internamente, a seleção tem um discurso de prezar pela excelência e entendeu que precisava oferecer condições iguais ou melhores aos atletas, afinal Vini Jr, Rodrygo e Militão já tinha essa referência de quando estiveram na região.


"Tem muitos brasileiros em Orlando e quanto mais estiverem torcendo por nós é melhor. Vamos nos sentir em casa. Gosto muito daqui, esse hotel é muito bom também, dá para descansar bem. Tem uma estrutura muito boa e isso vai nos favorecer lá na frente", disse Guilherme Arana.


A seleção optou por estabelecer a cidade de Orlando como sua base na preparação para a Copa América e se dependesse apenas da CBF, a equipe não teria sequer viajado até College Station para enfrentar o México. A organização do amistoso, no entanto, era mexicana e os dirigentes não abriram mão de atuar no Texas, mais próximo do país.


Imagem
Vini Jr. volta ao visual antigo, e seleção treina com presença de famílias
A seleção brasileira treinou na noite desta sexta-feira (14) pela primeira vez após o empate com os Estados Unidos.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade