Pesquisar

Canais

Serviços

Líder da Guanabara

Pedro brilha, Flamengo vence com festa em Aracaju e assume ponta do Carioca

UOL/Folhapress
16 fev 2024 às 08:40
- Marcelo Cortes/CRF
Publicidade
Publicidade

O Flamengo foi eficiente e venceu o Bangu por 3 a 0 nesta quinta-feira (15), na Arena Batistão, em Aracaju, Sergipe. O jogo foi válido pela oitava rodada do Campeonato Carioca.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Chiangrai United

Ex-Corinthians foi roupeiro e árbitro até virar técnico

Imagem de destaque
Série A

Piquerez cita top 3 laterais do Brasileiro e vê liga como mais equilibrada

Imagem de destaque
Enzo

Santos deve contar com jovem atacante boliviano em estreia da série B

Imagem de destaque
Lembra dele?

Jeito de Neymar, reverenciado por Maradona: morte de Dener completa 30 anos

O resultado dá a liderança da Taça Guanabara ao Fla. São os mesmos 18 pontos do Fluminense, mas com saldo de gols melhor. O Bangu é o décimo, com só cinco pontos.

Publicidade


Pedro foi o autor dos três gols da vitória. O jogador chegou aos sete gols pelo Flamengo na temporada e 112 com a camisa do clube carioca. Ele foi ovacionado ao deixar o campo no segundo tempo.


O Fla só volta a jogar na terça-feira (20), quando recebe o Boavista no Maracanã, às 21h30 (de Brasília). O Bangu encara o Sampaio Corrêa no mesmo dia, às 15h45 (de Brasília).

Publicidade


O Batistão recebeu excelente público. O time não ia a Aracaju há oito anos e reencontrou a torcida regido por bonita festa. No quinto jogo fora do Rio de Janeiro, o Flamengo mais uma vez lotou um estádio.


A defesa do Flamengo segue invicta com Tite. O time, que também não perdeu ainda em 2024, só sofreu gols quando tinha o time alternativo no Carioca.

Publicidade


Tite não pôde contar com De la Cruz e Erick Pulgar no time titular. O primeiro se recupera de problema no ombro e o segundo estava suspenso. Allan, lesionado, também ficou fora. O treinador deu uma chance a Igor Jesus e Luiz Araújo.


COMO FOI O JOGO

Publicidade


O Flamengo pressionou no primeiro tempo. Com a bola nos pés, o time foi empurrando o Bangu cada vez mais para trás até abrir o placar com Pedro logo antes da parada técnica. O adversário até se fechou bem até certo momento, mas o rubro-negro contou também com a qualidade individual para furar a barreira.


O time de Tite foi de certa forma previsível. Até houve melhora na reta final com mais chances, mas a equipe sofreu para utilizar melhor a ligação entre pontas e laterais. Gerson foi mais para o lado direito e tentou ajudar. Luiz Araújo, bem na última partida, teve dificuldades. Foi o retorno da formação que terminou a temporada passada. Com De la Cruz, o treinador não vinha repetindo o modelo.

Publicidade


O segundo tempo até começou mais aberto, mas o Fla soube ser eficiente. O Bangu até tentou ficar mais com a bola e arriscou, dando sustos, mas o rubro-negro chegou bem novamente com Pedro. Luiz Araújo apareceu pela primeira vez com a assistência para o segundo gol, mas saiu em seguida para dar lugar a Bruno Henrique.


Atendendo os pedidos da torcida, Tite usou Gabigol no segundo tempo, já com o placar em 2 a 0. O atacante entrou em campo muito festejado pela torcida. Pedro ampliou a conta logo em seguida, fazendo o terceiro dele. Apesar do placar elástico, Gabriel Leite seguiu sendo um dos destaques da partida e salvou o Bangu em outras oportunidades.

Publicidade


LANCES IMPORTANTES


Mal. Aos 12 minutos do primeiro tempo, Pedro recebeu na entrada da área e chutou mal para fora.


Tem que calibrar. Aos 16, Everton Cebolinha ganhou a dividida e passou para Pedro. O camisa 9 ajeitou para Gerson, que chutou muito para o alto e longe do gol.


0x1. Aos 24 minutos, Arrascaeta fez bonito passe em profundidade para Pedro. O atacante dominou na intermediária entortou Felipe Soares e bateu na saída do goleiro Gabriel Leite.


Não deu. Aos 26, Cebolinha passou para Pedro na entrada da área do Bangu, o atacante limpou o zagueiro e bateu colocado, mas a bola saiu sem força.


Quase. Aos 28, Arrascaeta levantou a bola a área, Fabrício Bruno desviou e a sobra ficou com Gerson. O volante, livre, chutou em cima do goleiro.


Que chance. Aos quatro minutos do segundo tempo, Erick Daltro cruzou e Saulo pegou em cheio, mas a bola explodiu nas costas de Ayrton Lucas e saiu do campo.


Saiu. Aos cinco, Luiz Araújo foi para a linha de fundo e cruzou rasteiro para o meio. Cebolinha chutou de primeira para fora.


0x2. Aos 12 minutos, Pedro pressionou a saída de bola e recuperou, abrindo para Luiz Araújo. O jogador devolveu para o camisa 9, que ampliou a conta.


Uh! Aos 16, após jogada de pé em pé, Arrascaeta buscou o ângulo e bateu forte, mas a bola passou do lado direito do goleiro.


Desperdiçou. Aos 21, Cebolinha recuperou na entrada da área, se aproximou do gol, mas acabou errando e devolveu para a defesa com cruzamento fraco.


Surpresa. Aos 25, Léo Pereirea arriscou chute de longe e Pedro entrou na frente para desviar de peito. A bola passou raspando na trave.


Salvou. Aos 26, Igor Jesus carregou em direção à área do Bangu e soltou uma bomba no ângulo, mas Gabriel Leite defendeu.


0x3. Aos 28, Matheus Gonçalves cobrou escanteio na área do Bangu e Fabrício Bruno cabeceou. Gabriel Leite defendeu, mas Pedro ficou com o rebote e marcou.


Tirou. Aos 34, Victor Hugo encontrou Gabigol na entrada da área. Ele chutou forte, mas o goleiro desviou para escanteio.


Estádio: Batistão, Acaraju (SE)
Árbitro: Jodis Nascimento de Souza
Assistentes: Marcus Vinicius Machado Araújo Brandão e Lucas Castro dos Santos
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Cartões amarelos: Renatinho (BAN), Igor Jesus (FLA)
Gols: Pedro (aos 24 minutos do primeiro tempo), Pedro (aos 12 minutos do segundo tempo), Pedro (aos 28 minutos do segundo tempo)


BANGU
Gabriel Leite; Saulo (Yaya Banhoro), Lucas Araújo, Victor Oliveira, Felipe Soares, Erick Daltro, Renatinho (Walney), Raphael Augusto, Adsson (Baltoré), João Victor (Ronald) e Anderson Lessa (Edgar Neto). T.: França Júnior


FLAMENGO
Rossi; Varela, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Igor Jesus (Rayan Lucas), Gerson e Arrascaeta (Gabigol); Luiz Araújo (Bruno Henrique), Everton Cebolinha (Matheus Gonçalves) e Pedro (Victor Hugo). T.: Tite


Imagem
Londrina Esporte Clube abre venda de ingressos para duelo contra o Azuriz
Os torcedores do Londrina Esporte Clube já podem garantir seus ingressos para o próximo jogo da equipe principal no Campeonato Paranaens
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade