Pesquisar

Canais

Serviços

São Paulo

Ricardinho deixa equipe sem saber onde vai jogar

Redação - Bonde
13 jan 2004 às 07:43
Publicidade
Publicidade

No dia em que apresentou oficialmente seis reforços e mais o técnico Cuca, o São Paulo anunciou também a rescisão do contrato do meia Ricardinho. De acordo com o presidente do clube, Marcelo Portugal Gouvêa, o jogador já havia demonstrado interesse em sair durante as férias e confirmou a decisão na segunda, na reapresentação da equipe.

''É uma decisão dele, irrevogável. Infelizmente, o Ricardinho não é mais atleta do São Paulo. Rescindimos nesta data o contrato com o jogador'', disse.
O meia, que chegou ao São Paulo no segundo semestre de 2002 contratado do Corinthians em negociação polêmica , não revelou o real motivo de sua saída.
''Pesei os prós e os contras e achei que este era o momento de sair. Tinha que ser. Acho que vai ser melhor para os dois lados (clube e jogador). Vou seguir minha carreira'', disse o meia, que no ano passado reclamou muito da pressão da diretoria e torcida por bons resultados.
Sobre sua má fase no time do Morumbi, Ricardinho afirmou que foi prejudicado por lesões. ''Tive duas lesões relativamente sérias e uma cirurgia. Foi diferente para mim porque eu dificilmente me machucava. Em um ano e pouco, isso aconteceu duas vezes'', afirmou.
De acordo com Ricardinho, seu futuro ainda é incerto. ''Eu não tenho nada acertado com ninguém. Queria resolver primeiro com o São Paulo e agora vou analisar essas situações. A prioridade seria ir para o exterior.''

Cadastre-se em nossa newsletter


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade