Pesquisar

Canais

Serviços

Goleiro

Rossi vence disputa e ajuda Flamengo a ter sucesso em prioridade de Tite

Bruno Braz e Luiza Sá - UOL/Folhapress
24 out 2023 às 20:30
- Marcelo Cortes/Flamengo
Publicidade
Publicidade

Gerson fez o gol da vitória, mas muito dos três pontos garantidos sobre o Vasco também estão na conta de Rossi, goleiro argentino que fechou o gol no clássico e tem ajudado Tite em um dos pontos colocados como prioritários na chegada do treinador ao Flamengo: a defesa.


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

O comandante tem buscado nos treinos implementar conceitos de solidez defensiva e de compactação, além de criar estratégias para dificultar a vida do adversário para chegar na baliza rubro-negra. E Rossi tem contribuído com este objetivo mesmo antes da chegada do ex-técnico da seleção brasileira.

Leia mais:

Imagem de destaque
Romero marca dois

Corinthians espanta zebra, domina o Cianorte e avança na Copa do Brasil

Imagem de destaque
MAIS UM REFORÇO

Londrina EC anuncia contratação de atleta australiano

Imagem de destaque
Novidades

Após reformulação, revelações da base do Londrina EC ganham espaço

Imagem de destaque
4 anos e meio de prisão

Condenação de Daniel Alves é medida exemplar contra o machismo, diz vice-presidente da Espanha


Dos cinco jogos que o goleiro disputou como titular no Campeonato Brasileiro, ele sofreu apenas um gol. O argentino não foi vazado nos últimos dois jogos, algo que não acontecia no Flamengo desde julho.

Publicidade


"Eu cheguei há pouco ao Flamengo, faço minha parte para ajudar falando, procurando colocar ordem na defesa. Acho que se um time está ordenado, é mais difícil para que possam fazer gol. E depois tem a sequência de jogos, pois fiquei quatro meses sem jogar. Depois vou ganhando ritmo de jogo, temos jogos muito próximos, e isso fará com que pegue mais ritmo. A tendência é ir melhorando", disse Rossi, após ser destaque no clássico com o Vasco.


O goleiro que ganhou destaque no Boca Juniors tem se firmado cada vez mais entre os titulares do Flamengo, desbancando seus concorrentes Matheus Cunha e Santos, em uma temporada na qual o setor sofreu momentos de instabilidade.

Publicidade


"Eu acho que sempre preciso jogar, ainda mais para um goleiro. O Flamengo tem três grandes goleiros. Eles jogaram a primeira parte do ano. Primeiro o Santos, depois o Matheus, e agora eu. Acho que quando o goleiro pega ritmo, é sempre melhor. Mas tem sempre que estar preparado, porque pode acontecer qualquer coisa e temos que estar prontos para poder jogar e demonstrar o melhor em campo", afirmou.


Saída conturbada do Boca

Publicidade


Rossi teve uma saída conturbada do Boca Juniors. O goleiro decidiu que não queria renovar com o clube argentino, onde tinha vínculo até o meio do ano, e assinou um pré-contrato com o Flamengo em janeiro.


Os xeneizes ameaçaram deixá-lo encostado durante este período, mas ele acabou sendo emprestado ao Al-Nassr, time de Cristiano Ronaldo, na Arábia Saudita, e foi pouco aproveitado, disputando apenas oito partidas. Seu contrato com o Flamengo passou a vigorar a partir de 1º de julho e vai até dezembro de 2027.


Imagem
Na reta final, Série B do Brasileirão tem disputa acirrada por acesso e contra rebaixamento
Faltando cinco rodadas para terminar, a Série B promete muita emoção nesta reta final tanto na briga pelo acesso quanto na luta contra o descenso.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade