Pesquisar

Canais

Serviços

Vôlei de praia

Alison e Bruno superam dupla espanhola e vão às quartas de final

Redação Bonde
13 ago 2016 às 14:22
- Inovafoto/CBV
Publicidade
Publicidade

Os campeões mundiais Alison e Bruno Schmidt foram empurrados pela torcida, apresentaram um jogo consistente e venceram os espanhóis Herrera e Gavira na manhã deste sábado (13.08), pelas oitavas de final dos Jogos Olímpicos. Os brasileiros tiveram dificuldades na primeira parcial, mas deslancharam e anotara 2 sets a 0 (24/22, 21/13), em 43 minutos.

Agora resta apenas um jogo brasileiro de Pedro Solberg e Evandro, que encaram a Rússia às 16h, ainda neste sábado, pelas oitavas de final. Alison e Bruno esperam o vencedor da partida entre os austríacos Huber e Seidl e o norte-americano Dalhausser, campeão olímpico nos Jogos de Pequim, e seu parceiro Nick Lucena, para saber o oponente das quartas de final. O jogo ocorre no próximo domingo, ainda sem horário definido.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A parceria do capixaba e do brasiliense dominou em todos os critérios, bloqueio, saque, ataques certos e defesas. Destaque para os seis bloqueios anotados por Alison, que dominou a disputa na rede contra Herrera. O ‘Mamute’ também anotou três aces e mostrou estar recuperado da entorse no tornozelo direito sofrida na rodada anterior, contra a Itália.

Leia mais:

Imagem de destaque

Morre Wilsinho Fittipaldi, ícone do automobilismo brasileiro, aos 80 anos

Imagem de destaque
No Autódromo Ayrton Senna

Campeonato Paranaense Race Challenge 2024 começa nesta sexta em Londrina

Imagem de destaque
De 3 a 7 de abril

Londrina Futsal Feminino irá disputar a Supercopa de Futsal

Imagem de destaque
Será?

Prost fala sobre Senna e diz que era subestimado: 'Em corridas, eu era mais rápido'


Para Alison, foi muito importante manter a calma durante toda a partida.

Publicidade


"A estratégia não funcionou no início, isso é normal, a gente conversou rapidinho, se acertou ainda no primeiro set. No segundo, o jogo acabou entrando, o saque do Bruno entrou. Ficou 11 a 10 no tempo técnico, e de repente terminou 21 a 13. Isso mostra a concentração, isso mostra que tivemos consistência", avaliou Alison, acrescentando que o tornozelo está recuperado e que não sentiu nada durante a partida.


Bruno lembrou que o torneio vai ficando cada vez mais difícil devido ao afunilamento.

Publicidade


"Estes Jogos estão muito competitivos, o nível é muito alto. O próximo jogo sempre é o mais difícil, temos de pensar assim e manter a concentração daqui para frente", comentou.


O jogo

Publicidade


A partida começou equilibrada, com as duas duplas forçando no saque e se testando. Em contra-ataque de Bruno Schmidt, a dupla já abria 7 a 4 no início. Os espanhóis não se intimidaram e igualaram no placar após erro de Alison no ataque, virando em seguida, em erro de recepção do Mamute. O time do Brasil pediu tempo para tentar se reorganizar. No tempo técnico, a dupla espanhola vencia por um ponto: 11 a 10.


No retorno, com bons saques de Bruno Schmidt, Alison conseguiu fechar Herrera no bloqueio e virou o placar: 13 a 12. Os espanhóis novamente igualaram e conseguiram virar em bola de Herrera explorando bloqueio de Alison: 18 a 17. Boa virada de bola e um ace de Bruno recolocaram o Brasil na frente: 19 a 18.

Publicidade


Os brasileiros salvaram um ponto em desafio, pedindo toque no bloqueio, que aconteceu, anotando 21 a 20. Em ataque para fora de Herrera, novamente o desafio entrou em cena, e novamente deu Brasil. O espanhol pediu toque na rede, o que não aconteceu, garantindo a vitória por 24 a 22 no primeiro set.


A segunda parcial continuou equilibrada, com as duas equipes mantendo a virada de bola. Em contra-ataque de Bruno, o Brasil abriu 6 a 4. Os espanhóis voltaram ao jogo, com bom bloqueio de Herrera, encostaram no placar em 8 a 8. Na parada técnica a dupla brasileira vencia por 11 a 10. Alison aumentou a liderança em ótimo bloqueio sobre Gavira: 13 a 11.

A dupla espanhola passou a errar demais e, em novo bloqueio, Alison abriu 15 a 11. Herrera e Gavira pediram tempo. Não funcionou. Os brasileiros continuaram inflamados, e em bola de diagonal curta, Schmidt anotou 18 a 12, diferença confortável para encaminhar a vitória. Um ataque na rede de Gavira deu o primeiro match point, confirmado na sequência por bloqueio de Alison: 21 a 13 no segundo set.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade