Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Em definitivo

Arthur Zanetti tem nova lesão, faz mistério, mas dá adeus à Olimpíada

Demétrio Vecchioli - UOL/Folhapress
28 mai 2024 às 11:50
- Divulgação
Publicidade
Publicidade

Arthur Zanetti, 34, participou nesta segunda-feira (27), com uma tipóia no braço esquerdo, da reinauguração do Centro Olímpico de Tecnologia e Pesquisa (COTP), equipamento da prefeitura de São Paulo. A lesão é nova e o tira, agora de forma definitiva, dos Jogos Olímpicos de Paris, daqui a dois meses.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Determinação e foco

Atletas londrinenses se tornam campeões brasileiros de Kickboxing em Vila Velha

Imagem de destaque
Corrida de rua

Londrinenses percorrem circuito das maiores maratonas do mundo

Imagem de destaque
Entenda

Jogador da NFL diz que não poderá usar verde no Brasil por causa de gangues

Imagem de destaque
De câncer

Morre Pampa, campeão olímpico de vôlei, aos 59 anos

O campeão olímpico das argolas em Londres-2012 ainda tinha esperanças de mostrar à comissão técnica da seleção brasileira que poderia voltar ao pódio em Paris. E a grande oportunidade dele seria na Copa do Mundo Challenger de Koper (Eslovênia), a partir de quinta-feira.

Publicidade


Machucado, ele não irá ao torneio e perderá a chance de se mostrar competitivo internacionalmente.


Questionado sobre a lesão pela reportagem, Zanetti fez mistério. Disse que era no braço, não no ombro, mas alegou que "não pode falar" sobre o problema. "Futuramente todos vão saber o que aconteceu", afirmou.

Publicidade


O Brasil tem direito a somente duas vagas na ginástica masculina na Olimpíada. Uma é obrigatoriamente de Diogo Soares, e o outro convocado será escolhido pela comissão técnico. O critério será, principalmente, maior chance de medalha. Arthur Nory parece o favorito em uma disputa direta contra Caio Souza. Arthur Zanetti corria por fora.


O veterano vem sofrido para ficar apto a competir nos momentos mais importantes, e não vai a um Mundial desde 2019. No ano passado, competiu somente na World Challenge Cup da Croácia, quando foi prata nas argolas com 14,600. Ao menos 10 atletas, em 2024, já tiraram notas maiores este ano.


O convocado será anunciado ao fim do Troféu Brasil, de 19 a 23 de junho. Caio, que volta de uma cirurgia no tendão de Aquiles, competiu o Pan-Americano de Ginástica Artística no fim de semana, conquistou cinco medalhas, mas não encantou.


No individual geral, somou 81,134 pontos na final e 82,367 nas eliminatórias, e por enquanto tem só a 16ª melhor nota do ano. O patamar para uma medalha nesta prova é bem mais alto. O outro caminho para Caio se candidatar a um pódio em Paris seria pela barra fixa, mas ele foi só prata no aparelho, com 13,700. Arthur Nory tirou 14,533 na barra na Copa do Mundo de Doha.


Imagem
A dois meses de 'superluta', Mike Tyson passa mal em voo para Los Angeles
Mike Tyson, 57, passou mal e precisou de atendimento médico durante um voo para Los Angeles, no último domingo (26).
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade