Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Faixa preta

Lutador de jiu-jítsu de 26 anos morre durante treino

Redação Bonde
13 jul 2013 às 12:57
Publicidade
Publicidade

O lutador Philippe Mirapalheta, de 26 anos, morreu enquanto treinava em uma academia de Florianópolis na tarde de sexta-feira (12). Ele era faixa preta em jiu-jítsu e foi campeão brasileiro, três vezes campeão sul-americano e cinco vezes campeão sul-brasileiro, além de ter ficado em terceiro lugar no mundial de jiu-jítsu.

Segundo a assessoria de imprensa da academia Top One, o atleta passou mal depois de 10 minutos de exercícios em uma esteira. Antes de perder a consciência ela ainda teria comentado com colegas que não estava se sentindo bem. O lutador chegou a ser atendido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu a caminho do hospital.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A academia divulgou um atestado médico expedido em outubro de 2012, que autorizava o atleta a praticar exercícios. O documento tem validade de um ano. Mirapalheta frequentava o local há pelo menos três anos e, segundo do estabelecimento, quando passou mal ele usava a esteira na velocidade com a qual estava habituado nos treinos diários.

Leia mais:

Imagem de destaque
Atletas da ATRIL

Londrinenses conquistam ouro e bronze em Campeonato de Triathlon em Guaratuba

Imagem de destaque
Olimpíadas 2024

Técnico paranaense de boxe mira medalhas em Paris

Imagem de destaque
Competição pelo ouro

Imprensa dos EUA vê Rebeca como 'fenômeno' e maior ameaça a Biles

Imagem de destaque
Lançamento de disco

Izabela da Silva reclama que não recebeu uniforme para Olimpíadas no tamanho G


O corpo do atleta está sendo velado no Cemitério de Itacurubi, em Florianópolis, e será cremado às 15h no Crematório Vaticano, em Balneário Camboriú.

A Polícia Civil vai abrir Inquérito para investigar as causas da morte do atleta. No início da semana serão ouvidos os proprietários da academia, colegas que estiveram com o atleta no local e o médico que expediu o atestado médico. (Com informações da Folha de São Paulo)


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade