Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Confira entrevista!

Só pra Contrariar comemora 25 anos no palco da ExpoLondrina

Samara Rosenberger - Redação Bonde
08 abr 2014 às 16:20
Continua depois da publicidade

O samba pede passagem na noite desta quarta-feira (9) no recinto de shows João Milanez. Grande nome do gênero nos anos 90, o Só Pra Contrariar traz a Londrina a turnê de comemoração dos 25 anos de carreira do grupo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

No repertório, estarão sucessos de toda a carreira, desde "A Barata", "Que se chama Amor", "Essa Tal Liberdade", "Mineirinho" e "Depois do Prazer". As duas últimas fizeram parte do disco de 1997 que vendeu 3,5 milhões de cópias, um dos recordes da indústria fonográfica brasileira.

Continua depois da publicidade

Em entrevista ao Bonde, o vocalista Alexandre Pires garante que os dez anos distante do grupo não fez com que a integração no palco fosse perdida. "A impressão que temos é que essa afinidade não se perde. Parece que foi ontem", lembra.

Com carreira de sucesso em países latinos, Alexandre conta que a ideia de reunir a formação original surgiu em 2012, quando convidou o restante do grupo para uma participação no DVD Eletrosamba. "Foi o primeiro encontro de todo o grupo em palco, desde que eu parti para carreira solo. Foi um momento muito especial, único. Ali decidimos que era a hora de fazer uma turnê juntos novamente".

Originado de uma canção do grupo Fundo de Quintal, a primeira que Alexandre Pires aprendeu a tocar no cavaquinho, o Só pra Contrariar foge do padrão da agenda de shows da ExpoLondrina, com domínio do sertanejo. Apesar disso, o vocalista descarta qualquer rivalidade entre os gêneros. "Para nós é uma honra participar desse tipo de evento, formado por cantores sertanejos, que é um estilo musical de que gostamos muito. E o SPC é um grupo que lá atrás já fazia parte desse circuito de feiras e rodeios", afirma o cantor. A afinidade foi comprovada no disco 'Acústico' de 2001, quando o grupo regravou "Solidão", de Leandro e Leonardo, com participação especial do cantor.

Continua depois da publicidade

Paralelo à turnê comemorativa, os mineiros participam de um projeto com outro grupo de peso dos anos 90, o Raça Negra. O show "Gigantes do Samba" promete passar por cerca de 30 cidades com um show de cerca de três horas, relembrando mais de 40 sucessos do passado. "O número de shows é um pouco limitado porque cada grupo segue também com suas turnês e não é fácil conciliar as agendas, mas esse trabalho vai até janeiro de 2015", adiantou Alexandre, lembrando que a parceria já passou por São Paulo e Rio de Janeiro.

O saudosismo do reencontro nos palcos com o Só Pra Contrariar e a parceria com o Raça Negra não fazem com que Alexandre Pires deixe os projetos da carreira solo de lado. Ele gravou uma das músicas tema da Copa do Mundo com o guitarrista Santana, e vai se apresentar na abertura do Mundial, interpretando inclusive o hino nacional. Na sequência, começa a trabalhar em seu novo disco. "Estou preparando o meu próximo trabalho internacional, com grandes participações especiais. No ano que vem, quando terminar a turnê com o SPC, eu sigo com esse novo projeto", adiantou.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade