Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Atenção ao cardápio

Consumo de fibras alimentares por brasileiros é inferior ao indicado pela OMS

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
03 dez 2021 às 07:00
Continua depois da publicidade

Manter uma dieta rica em cereais integrais, frutas, verduras e legumes e diminuir o consumo de alimentos refinados e industrializados é uma recomendação dada frequentemente pelos profissionais da área de nutrição e autoridades de saúde. A OMS (Organização Mundial de Saúde) indica que adultos devem ingerir, pelo menos, 25 g de fibras por dia, média inferior a dos brasileiros. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


De acordo com a "Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018: Análise do Consumo Alimentar Pessoal no Brasil", divulgada em 2020, os brasileiros estão reduzindo a ingestão de fibras que era de 20,5 g em 2008-2009, e passou para 15,6 g em 2017-2018.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Se restava alguma dúvida, novos estudos científicos vieram para corroborar essa premissa pela saúde, longevidade e vitalidade das pessoas. Antes de conhecer os motivos para aliar-se aos grãos integrais, cabe destacar que todas as vantagens citadas neste material dizem respeito aos alimentos verdadeiramente integrais.


Segundo  recomendação da FDA (Food and Drug Administration) dos EUA, esses alimentos devem preservar os grãos e cereais intactos, como é o caso do processo de produção adotado pela Jasmine Alimentos. Todos os itens do portfólio da marca como farinha de trigo, farinha de chia, farinhas de linhaças dourada e marrom, bem como demais produtos integrais, não passam por nenhum processo de refino, mantendo as características nutricionais e partes intrínsecas do grão integral, como casca, farelo, película protetora, fibras e compostos bioativos.


Coração batendo forte e saudável

Continua depois da publicidade


Um estudo publicado neste ano na revista científica The Journal of Nutrition e realizado por pesquisadoras do Centro de Pesquisa em Nutrição Humana Jean Mayer USDA sobre Envelhecimento da Universidade Tufts concluiu que a ingestão de, pelo menos, três porções de grãos integrais por dia auxiliam na pressão arterial, no tamanho da cintura, na diminuição do açúcar no sangue, dos triglicerídeos e ainda nivelam o colesterol bom (HDL), beneficiando a saúde cardiovascular.


Vida longa aos consumidores


Outra descoberta científica diz respeito à longevidade de quem prioriza alimentos integrais aos refinados. Pessoas que comem ao menos três porções de grãos integrais diariamente podem reduzir o risco de morte prematura. Ingerir os grãos inteiros, com suas propriedades nutricionais preservadas, provou ser útil na redução do risco de contrair doenças e na manutenção da funcionalidade e saúde dos órgãos. Isso se deve ao fato de os cereais integrais conterem alto teor de fibras, minerais, antioxidantes e vitaminas.


Olhos saudáveis e visão protegida


Cereais integrais possuem em sua composição o cobre, substância que evita a morte de células do fundo do olho e a degeneração macular relacionada à idade. Esses ingredientes também são ricos em manganês que ajuda a prevenir a catarata, em função de suas propriedades antioxidantes. Outras propriedades de destaque são a vitamina E, zinco e niacina presentes na quinoa, farinha e arroz integrais que também protegem a saúde dos olhos.


Humor e sensação de bem-estar


A farinha integral é fonte de triptofano, aminoácido essencial para o organismo, e vitamina B6. Ambos auxiliam a sintetizar a produção de serotonina - também conhecida como “hormônio do prazer” - no sistema nervoso central. Esse neurotransmissor ajuda a controlar o apetite, melhora o humor e causa sensação de bem-estar. Inclusive, a deficiência de serotonina pode desencadear mau humor, depressão, estresse e desejo por alimentos ricos em carboidratos e açúcar. Desta forma, o consumo regular de farinha integral melhora a disposição e sensação de felicidade das pessoas.


Atenção aos rótulos e à integralidade dos cereais


É importante destacar que muitos produtos hoje no mercado autointitulam-se integrais, mas apresentam em sua composição quantidade de farinha branca superior à farinha integral. Os benefícios acima indicados dizem respeito às propriedades dos grãos integrais preservados, produzidos em um processo cuidadoso, seguro e de qualidade. 

Continue lendo